terça-feira, 17 de julho de 2012

Estresse favorece que câncer de mama atinja os ossos, conclui estudo


Depressão também elevou risco de metástase em cobaias nos EUA.
Remédios contra hipertensão poderiam ajudar em futuros tratamentos.


Altas cargas de estresse e depressão podem fazer com que o câncer de mama sofra metástase e chegue até os ossos, sugere um novo estudo feito em camundongos pelo Centro de Biologia Óssea da Universidade Vanderbilt, nos EUA. Os resultados do trabalho estão publicados na edição desta terça-feira (17) da revista científica "PLoS Biology".

A pesquisa demonstra que a ativação do sistema nervoso simpático – que controla ações como luta ou fuga em situações de tensão – prepara o tecido ósseo dos animais para a metástase das células tumorais, o que diminuiu o tempo de sobrevivência.
Segundo o diretor do centro, Florent Elefteriou, a disseminação de células cancerosas para outros órgãos é uma das principais causas de morte em pacientes com câncer.
A equipe coordenada pelo cientista já havia descoberto que o sistema nervoso simpático estimula a remodelação óssea e usa algumas moléculas de sinalização – como a chamada RANKL – que são empregadas na disseminação do câncer de mama até os ossos.
Essa molécula também é conhecida por promover a migração celular e a formação de osteoclastos, células ósseas que decompõem esse tecido e propiciam a liberação de cálcio e outros minerais para o sangue.
Ministério da Saúde e aponta aumento de 73% na procura pelo exame (Foto: Reprodução / TV Tem)Molécula RANKL, envolvida na migração de células pelo corpo, na formação de algumas células ósseas e na disseminação do câncer de mama aos ossos, pode ser a chave da metástase (Foto: Reprodução / TV Tem)
Para analisar essa possível ligação, os pesquisadores injetaram células humanas de câncer de mama junto com uma substância fluorescente no coração das cobaias. Assim, puderam visualizar o estágio da metástase quando as células tumorais saíram do local primário, pela corrente sanguínea, em direção a outras regiões do organismo.
Os autores então usaram propranolol, um medicamento contra hipertensão e outros problemas cardiovasculares que inibe sinais do sistema nervoso simpático, para prevenir lesões mamárias nos ossos.
De acordo com os cientistas, o propranolol e outros remédios do tipo "beta-bloqueadores" são seguros e baratos, e podem ser uma opção de tratamento de longo prazo se novos estudos em humanos confirmarem a capacidade deles em bloquear a metástase do câncer de mama para os ossos, algo que poderia ajudar milhões de pacientes em todo o mundo.
Além disso, segundo Elefteriou, deve haver mais esforços para diminuir o estresse e a depressão em mulheres com a doença.
Casos previstos de câncer em mulheres no Brasil*
Mama – 52.680
Colo do útero – 17.540
Cólon e reto – 15.960
Tireoide – 10.590
Traqueia, brônquios e pulmões – 10.110
Cânceres que mais matam mulheres no Brasil**
Mama – 12.705
Traqueia, brônquios e pulmões – 8.190
Cólon, reto e ânus – 6.892
Estômago – 4.768
Pâncreas – 3.769
* Estimativas para 2012
**Dados de 2010 do SUS


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Agente da Polícia Federal é morto a tiros dentro de cemitério em Brasília


Vítima estava visitando sepultura e foi baleada duas vezes na cabeça.
Autor de disparos levou carro da vítima, mas deixou carteira e arma do policial.


Um agente da Polícia Federal foi assassinado com dois tiros na cabeça na tarde desta terça-feira (17) no cemitério Campo da Esperança, em Brasília. O agente Wilton Tapajós Macedo visitava o túmulo dos pais, por volta das 15h, quando um homem se aproximou e efetuou os disparos.
Macedo trabalhava no núcleo de inteligência da PF que investigou a operação Monte Carlo, que resultou na prisão do bicheiro Carlinhos Cachoeira. O chefe da operação, delegado Matheus Rodrigues, disse que Macedo participou das investigações desde o início, em 2009.
Em nota, a empresa Campo da Esperança informou que não pode restringir o acesso ao cemitério e que os visitantes não são revistados. A empresa informou ainda que quatro equipes com quatro seguranças armados trabalham, em escala, 24 horas no local.
Segundo a empresa, as oito câmeras de vigilância instaladas nas áreas edificadas do cemitério estão funcionando e o material gravado nesta terça já foi disponibilizado para a polícia.
Também por meio de nota, a Polícia Civil disse que a 1ª Delegacia de Polícia está apurando o caso. Um jardineiro que trabalha no local viu o crime e informou à direção do cemitério. A polícia informou que ele já prestou depoimento e investiga se o homem que cometeu o crime agiu sozinho.

A Polícia Federal, que também participa das investigações, informou estar trabalhando com a possibilidade de latrocínio simples, quando ocorre homicídio com a finalidade de roubar. Segundo a polícia, não há informações de que o agente morto tenha sofrido ameaças recentemente.
De acordo com a PF, Macedo estava armado no momento do assassinato, mas não chegou a reagir. O assassino levou o carro que estava com o policial, um Gol branco que era do filho de Macedo.
A arma que o policial portava – uma Glock 9 milímetros – e a carteira não foram roubadas.
Macedo, de 54 anos, era casado e tinha sete filhos. Enquanto a polícia realizava a perícia no local do assassinato, quatro filhos chegaram ao cemitério. A esposa da vítima também esteve no local e precisou ser atendida por bombeiros após passar mal.
O presidente do Sindicato dos Policiais Federais do DF, Jones Borges Leal, não descartou que o crime pode ter sido queima de arquivo. "Pode ser uma série de coisas, ainda não dá para dizer com certeza o que motivou. Mas é estranho que tenham deixado a arma que estava na cintura dele", declarou.

Macedo estava na PF desde 1987. Leal disse que além do núcleo de inteligência da PF, o agente assassinado já tinha passado pelos serviços de proteção a testemunhas e de repressão a entorpecentes.
A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) divulgou nota de pesar pela morte de Macedo e se solidarizando com a família do agente.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Salário mínimo deve subir para R$ 667 no ano que vem


A Comissão Mista do Orçamento aprovou hoje (17) o texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2013. A lei define os critérios para a aplicação de recursos pelo governo federal no ano seguinte. O texto prevê salário mínimo de R$ 667,75 para 2013.
Os deputados e senadores da comissão ainda analisarão destaques e emendas à matéria, que poderão mudar o texto. A previsão é de que o projeto LDO seja votado pelo plenário do Congresso ainda nesta terça. A votação da lei é condição para que o Congresso entre oficialmente em recesso no mês de julho.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Brasil tem os maiores juros de cartão de crédito da América Latina


FOTO: DANIEL IGLESIAS/O TEMPO
Juros dos cartões de crédito deveriam seguir trajetória da taxa Selic
Os juros cobrados no cartão de crédito no Brasil são os maiores da América Latina, de acordo com levantamento divulgado nesta terça-feira (17) pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (ProTeste). Por ano, o brasileiro, que efetua parte do pagamento da fatura, paga uma taxa média de 323,14%, quase seis vezes maior em comparação ao segundo colocado da lista - no caso o Peru, onde a taxa média anual é 55%.
Foram pesquisadas as taxas de juros nas operações de cartão de crédito de sete países da região. O terceiro colocado no ranking é o Chile com 54,24%, seguido pela Argentina (50%), pelo México (33,8%) e pela Venezuela (33%). Colômbia, por sua vez, apresentou a menor taxa, com 29,23%. Foram analisados, durante o mês de junho, 13 bancos e financeiras em sete países da América Latina.
Segundo Renata de Almeida, analista da associação, os indicadores econômicos dos países investigados não justificam a discrepância entre as taxas. “As diferenças econômicas não são significativas. Com isso, a gente vê que realmente as taxas aplicadas são exageradas”, avalia.
Para a ProTeste, os juros dos cartões de crédito deveriam seguir a trajetória da Selic, taxa básica de juros da economia, que caiu de 11% para 8,5% ao ano, de janeiro a junho. No mesmo período, em contrapartida, os juros cobrados pelos bancos cresceram de 237,9% para 323,14%. De acordo com a associação, a justificativa dos bancos brasileiros para o alto percentual é a inadimplência do consumidor.
A analista, no entanto, avalia que os juros “exorbitantes” são que agravam a inadimplência. “Nós aconselhamos ao consumidor que nunca pague o mínimo [da fatura do cartão de crédito] e, caso isso já tenha acontecido, que ele faça um empréstimo com banco para quitar essa dívida, porque os juros serão menores que os juros rotativos do cartão de crédito”, sugere a analista.
Renata Almeida criticou a falta de transparência dos bancos no fornecimento dos dados sobre as taxas. “Com a briga dos bancos pela redução dos juros, eles não informam com facilidade a taxa cobrada nos cartões de crédito. Muitas vezes, você só conhece a taxa real quando recebe a primeira fatura do cartão”, destacou. Segundo ela, os bancos e financeiras são obrigados a fornecer previamente esse tipo de informação.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Morre motorista de carreta de ácido que tombou na BR-381


O motorista da carreta que tombou com uma carga de ácido sulfúrico nesta segunda-feira, na BR-381, morreu na madrugada de hoje (17). De acordo com a assessoria de imprensa da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), a vítima que deu entrada como Wilson Domingos Júlio, de 60 anos, teve 90% do corpo queimado pela substância e foi socorrida para o Hospital João XXIII. A morte ocorreu às 3h45 desta terça.
O acidente aconteceu em Nova Era, Região Central de Minas. Por volta das 15h, no km 328 da rodovia, Wilson perdeu o controle da carreta de São Bernardo do Campo (SP), ao sair de uma curva no sentido BH-Ipatinga, bateu na mureta central e tombou. O veículo bi-trem transportava 23 mil litros do produto químico. Os dois tanques furaram e Wilson foi atingido pelo ácido. Uma viatura da Polícia Civil dirigida por Sérgio Vinícius Torres, de 35, foi atingida pelo produto e o condutor também foi socorrido com queimaduras de primeiro e segundo graus. O trânsito no trecho da BR-381 só foi liberado às 2h desta madrugada. 
Técnicos do Núcleo de Emergência Ambiental (NEA) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) devem começar ainda nesta terça as análises sobre os danos causados pelo derramamento de ácido sulfúrico no leito do Rio Piracicaba. Segundo a prefeitura da cidade, uma retroescavadeira e 10 caminhões com terra foram enviados ao local para fazer a contenção do ácido, sob orientação de militares do Corpo de Bombeiros.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Capotamento na estrada que liga Caratinga a Piedade deixa um ferido


 Um capotamento na noite desta terça-feira (17), na BR-474, por pouco não terminou em tragédia. O condutor de um Golf perdeu o controle do veículo, indo parar numa ribanceira.
Segundo o bombeiro Lima, por sorte, o motorista foi socorrido com vida e encaminhado ao PAM sem risco de morte.
















..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Morte de aposentada carbonizada em Simonésia pode não ter sido acidental


Por Adriano Angelo
Fonte: Portal Caparaó


Uma tentativa de homicídio nesta segunda-feira(16) no distrito de Alegria em Simonésia, pode elucidar a morte da aposentada Maria dos Reis Cruz, 74 anos. O corpo da mulher foi encontrado nos escombros de uma tulha que foi incendiada, na tarde de sábado, e até então a morte era dada com acidental.
Já nesta segunda, um homem que foi atingido por quatro disparos deu entrada na policlínica de Simonésia. Quando chegou, a equipe médica comunicou o fato à Polícia Militar. A partir daí, começaram os levantamentos e surgiram os indícios de que a morte da aposentada não foi um acidente.
Quando a PM chegou ao distrito de Alegria em busca de informações, o comentário era de que o homem baleado, conhecido como Edinho, teria sido o responsável pela morte da aposentada. O rapaz também foi apontado como um homem perigoso, oriundo de Ipaba.
Policiais ainda apuraram que no dia em que a tulha pegou fogo, viram Edinho em uma motocicleta, por volta das 16 horas, próximo ao local dos fatos.
Uma equipe de militares fez contato com Edinho no Hospital de Manhuaçu. Ele informou que seu nome era Edson Pereira da Silva, 35 anos. Porém, ficou constatado que este nome era falso.
Policiais apuraram ainda que ele estava residindo no distrito de Alegria há aproximadamente quatro meses e não tem parentes ou amigos na comunidade. Em novo contato, ele acabou confessando o verdadeiro nome. Rogério de Andrade do Amaral admitiu que falou o nome falso por haver cometido uma tentativa de homicídio em Ipaba.
Já no local onde Rogério foi alvejado, testemunhas informaram que ele teria se desentendido com um lavrador, que após atirar em Rogério, fugiu, e ainda não foi encontrado.
Rogério passou por cirurgia e permanece internado no Hospital de Manhuaçu.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Em prol da educação Polícia Militar realiza projeto nas escolas de caratinga


última modificação 17/07/2012 
O projeto ''Padrinhos da Escola'' foi idealizado pela PM em parceria com a Superintendência Regional de Ensino

A Polícia Militar em parceria com a Superintendência Regional de Ensino (SRE) idealizaram o projeto ''Padrinhos da Escola''. Semanalmente os militares visitam as escolas fazendo contato direto com os alunos e funcionários. Cinco escolas estaduais da cidade estão incluídas no projeto que tem como objetivo a conscientização e a educação de jovens e adolescentes.

O projeto iniciou em maio e durante esse período, as atividades em prol da vida social dos jovens foram realizadas nas escolas da cidade. Na tarde desta segunda-feira (16/07), o patrulhamento aconteceu na Escola Estadual Professor Joaquim Nunes, no bairro Santa Cruz. Sebastião Pedra, diretor da escola há 12 anos, destacou a importância do projeto e os benefícios que ele tem trazido para a escola.

O trabalho realizado também vem contribuindo para a prevenção da criminalidade. De acordo com os militares, a iniciativa do projeto tem sido um sucesso. Com o patrulhamento nas portas das escolas, o índice de violência vem diminuindo.  




..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Três feridos em capotamento próximo a Santa Bárbara do Leste

17/07
SANTA BÁRBARA DO LESTE – Três pessoas ficaram gravemente feridas em um capotamento, anteontem por volta das 17h40, próximo a Santa Bárbara do Leste. Iveilton de Oliveira Nascimento, 23 anos, conduzia o veículo Celta, placa HLS-7463, que capotou na pista. 
Iveilton teve escoriações e ferimentos no rosto. Maiara Batista Dias Lucas, 19, que estava no carro sofreu traumatismo craniano. Outra passageira, Danila da Silva Peixoto, 19, teve ferimento no crânio e fratura no dorso. Os três foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros Voluntários. 

..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Três feridos em acidente com Caravan na BR-116



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Realeza foi acionada por pessoas que passavam pela rodovia BR-116 na manhã de sábado, 14, para atenderem uma ocorrência de acidente envolvendo um automóvel com um casal e três crianças em seu interior. Ao serem informados que a mulher se encontrava deitada na pista, os policiais acionaram o Corpo de Bombeiros de Manhuaçu, que também esteve no local. O acidente aconteceu às 07h55 no km 581,6 da rodovia, próximo ao trevo de acesso para o Distrito de São Pedro do Avaí, Município de Manhuaçu.
De acordo com a ocorrência, Francisco F. da Silva, de 41 anos e morador do Distrito de Vilanova, seguia com destino a Caratinga quando em plena reta perdeu o controle sobre seu veículo, o GM Caravan placa BVQ-4872/SP. O automóvel saiu da pista e se chocou violentamente contra o barrando na margem direita.
Após a colisão a Caravan retornou para o asfalto sem tombar. Além do condutor viajava também uma mulher e três crianças. Francisco sofreu uma fratura no pulso esquerdo e a mulher sofreu várias escoriações pelo corpo.
Um menino de 12 anos se queixava de fortes dores no peito e os três foram atendidos pela equipe de resgate e encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manhuaçu. As outras duas crianças não se feriram e permaneceram com parentes que chegaram ao local após serem informados do acidente.
O condutor não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o veículo estava com o licenciamento vencido, também segundo a ocorrência, sendo apreendido e encaminhado para a 6ª DRPC (Delegacia Regional de Polícia Civil).




..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Para 14% dos endividados, débito passa de 5 vezes a renda mensal


Dívida média das famílias recuou para R$ 4.943,88 em junho, diz Ipea. 
Otimismo das famílias teve recuperação no mês passado.


O percentual de famílias brasileiras endividadas cresceu em junho, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (17) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No mês passado, 47% dos consultados afirmaram ter dívidas, ante 46,5% em junho.
Segundo a pesquisa, a dívida média das famílias em junho era de R$ 4.943,88, abaixo dos R$ 5.528,17 do mês anterior. Para 14% das famílias, no entanto, a dívida correspondia mais de cinco vezes a renda mensal. Para 21%, o débito estava entre 2 e 5 vezes a renda familiar.
O levantamento do Ipea aponta que 9,1% das famílias se consideram “muito endividadas”. 19,4% dizem estar “mais ou menos endividadas”, enquanto 18,1% se dizem “pouco endividadas”. Entre as famílias pesquisadas, 30,46% disseram ter contas em atraso; destes, 33,03% alegam não ter condições de quitar plenamente as dívidas em questão.
Otimismo
Apesar do quadro de endividamento, o otimismo das famílias brasileiras com a situação socieconômica do país mostrou recuperação em junho, segundo dados do Ipea. O indicador alcançou 68,5 pontos no mês passado – a maior pontuação desde janeiro, quando registrava 69 pontos. Em maio, estava em 67.
Na escala, que vai de 0 a 100, pontuações entre 60 e 80 indicam otimismo.
Entre as regiões, a maior taxa de otimismo foi encontrada no Centro Oeste, com 86 pontos – uma alta de 6,5 frente ao mês anterior. Já as famílias da região Norte apresentaram o menor otimismo, com 62,7.
Na contramão da média nacional, as regiões Sudeste e Sul tiveram redução nas perspectivas, passando de 70,1 para 69,9 pontos e de 65,5 para 65,3, respectivamente.
 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Após máquina de coxinha, empresa cria equipamento que faz brigadeiro


Produto enrola e passa no confeito 3.000 doces por hora.
Fábrica vende 1,5 mil máquinas de fazer massas, doces e salgados ao ano.


Após fazer sucesso com a criação da máquina que faz doces e salgados
como coxinhas, o empresário Gilberto Poleto, dono da fábrica Bralyx, agora investe nos docinhos, com uma máquina de fazer trufas, beijinhos e brigadeiros.

Com capacidade de produzir 3.000 unidades de 30 gramas por hora, o equipamento foi desenvolvido para pequenos comércios, como padarias e cafés, ou até mesmo para autônomos que produzem os quitutes em casa para eventos ou festas. O preço médio do produto é de R$ 40 mil.

“Detectamos que tantos essas empresas quanto esse pessoal que faz chocolate, trufa em casa, vinha pedindo uma máquina para atender a demanda maior de supermercados, festas”, explica Poleto.

De acordo com o empresário, a máquina não faz a massa do brigadeiro – para isso, a empresa possui outro equipamento –, mas enrola e passa o confeito no doce. “Ela faz a bolinha, que cai dentro de uma mesa giratória. O brigadeiro já cai em cima do chocolate granulado. O beijinho já cai em cima do coco ralado”, explica.
A empresa levou seis meses para desenvolver o produto, com um investimento de R$ 300 mil. Segundo ele, já há 20 encomendas da mercadoria, com as primeiras entregas previstas para daqui a 60 dias.
Gilberto Poleto afirma que máquina já deixa o brigadeiro confeitado (Foto: Divulgação)Gilberto Poleto afirma que máquina já deixa o
brigadeiro confeitado (Foto: Divulgação)
A Bralyx existe desde 1993. Além das máquinas de fazer salgados e brigadeiros, a empresa tem ainda aparelhos para o preparo das massas dos alimentos (como a massa e o recheio da coxinha ou creme do brigadeiro), para fazer empanadas, suspiros e macarrons - alguns desenvolvidos com projetos de fora ou em parcerias.
Cada máquina pode ser usada para mais de um tipo de produto, dependendo da consistência da massa. Por exemplo, o equipamento de fazer brigadeiro também pode ser usado para enrolar bolinho de carne. Para atender melhor a cada necessidade é que são desenvolvidos novos itens.
“A formadora de salgados tem certa dificuldade para trabalhar com chocolate (...), começa a quebrar o produto. A trufa, por exemplo, fica pesado para operar, amassa e quebra. Essa [a nova máquina], em vez de infusão, trabalha por pressão. A massa entra dentro de um recipiente, vai para uma catraca que vai empurrar o produto, é muito mais sutil”, revela o empresário.

De acordo com Poleto, a máquina de fazer salgadinhos é o carro-chefe – são vendidas 1.000 ao ano (os preços variam de R$ 22 mil a R$ 95 mil). Somando os outros produtos, no total, a empresa vende aproximadamente 1,5 mil equipamentos ao ano. O crescimento anual do faturamento tem sido de 30% a 40% nos últimos cinco anos. A expectativa é manter a porcentagem em 2012.

A empresa também exporta para 28 países e tem um escritório na Inglaterra.
Empresa vende cerca de 1.000 máquinas de fazer coxinha ao mês (Foto: Reprodução/TV Globo)Empresa vende cerca de 1.000 máquinas de fazer
coxinha ao ano (Foto: Reprodução/TV Globo)
“Nossas máquinas permitem fazer uma gama de produtos grande. Tudo que seja um bolo recheado eu posso formatar. Em bolinha, em travesseirinho. Vende para árabes fazerem quibe. Para os italianos fazerem arancini (bolinho de arroz). Dá para fazer churros... Os países têm suas peculiaridades de produtos”, afirma.
As exportações, iniciadas há cinco anos, representam 8% do faturamento atualmente. “Queremos chegar a 30%, 40% nos próximos cinco anos, dependendo a politica cambial. O dólar tem que chegar a R$ 2,40”, avalia.

A própria máquina de fazer brigadeiro surgiu da demanda italiana pelos bolinhos de arroz, afirmou Poleto, tendo em vista que era necessário um equipamento que enrolasse a massa sem amassar os grãos. A partir daí, o empresário percebeu que o equipamento atendia também a demanda para o tradicional doce brasileiro.

“A grande fortaleza desse mercado é o nascimento da nova classe média que necessita de produtos desse tipo. O brasileiro gosta de salgadinho. Se você vai num bar nobre, num restaurante de alto padrão, eles vendem salgadinhos e o pessoal come de joelhos. Da mesma forma que o camarada que chega na padaria do bairro também come a coxinha”, avalia o empresário.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Paciente morre após médico negar ambulância, denuncia telefonista


Médico não mandou o Samu ao saber que vítima tinha convênio.
Mulher teve parada cardíaca após complicação renal em Ribeirão Preto, SP.


Uma paciente de 29 anos morreu nesta segunda-feira (16) em uma unidade básica de saúde de Ribeirão Preto (SP) depois que o médico responsável pela regulação do Samu recusou uma ambulância para que ela fosse transferida ao hospital.  A negativa ocorreu porque o profissional descobriu que a mulher tinha convênio médico e, na avaliação dele, deveria ser socorrida por uma ambulância particular.
Eliane Cristina Maciel Martins sofreu uma parada cardíaca provocada por complicações renais após ficar por duas horas na Unidade Básica de Saúde da Prefeitura aguardando transporte até o Hospital São Francisco, com o qual ela tinha convênio. "Ela foi piorando, saiu sangue do nariz. Ela começou a reclamar de dor no peito enquanto estava falando", disse Ana Lúcia Ferreira da Silva, mãe de Eliane.
Acesso universal
O caso foi denunciado pelo telefonista do setor de regulação do Samu, Gerson Ferreira de Carvalho, que intermediou o diálogo entre o médico responsável pelo serviço e a unidade de saúde municipal onde a vítima recebeu os primeiros socorros. "Ele [o médico regulador] retirou o pedido [de socorro] e orientou a paciente a acionar o São Francisco para o resgate", contou.
O secretário de Saúde de Ribeirão Preto, Stênio Miranda, disse que uma sindicância será aberta para apurar o caso, pois, segundo ele, o serviço não pode ser negado, mesmo a quem possui convênio. "Não existe essa delimitação. O sistema público de saúde é um sistema de acesso universal, ou seja, é para todas as pessoas, todos os brasileiros, independente de qualquer condição."
São Francisco
O Hospital São Francisco comunicou, em nota, que a ambulância do convênio foi acionada logo que recebeu o chamado da unidade de saúde da Prefeitura, mas o atendimento não foi realizado porque a paciente já estava morta.
Eliane Cristina Maciel Martins, de 29 anos, morreu depois de esperar ambulância por duas horas (Foto: Reprodução EPTV)Eliane , de 29 anos, morreu depois de esperar
ambulância por 2 horas (Foto: Reprodução EPTV)
Indignado
Carvalho disse que resolveu denunciar o caso à imprensa porque sabia que havia uma ambulância do Samu disponível para atender a paciente e, mesmo assim, o socorro foi negligenciado. Segundo ele, a ambulância do convênio foi acionada logo em seguida, mas não chegou a tempo.
"Eu fiquei indignado porque era uma paciente de 29 anos, não importa se era gravíssimo, se íamos conseguir salvar. Em tese, ela teria mais chance de vida se a UTI tivesse retirado ela do posto onde tem menos recursos e tivesse levado para a UTI do hospital", disse o telefonista.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Acidente da TAM completa 5 anos sem julgamento de denunciados


Três respondem a processo na Justiça, mas não há previsão de conclusão.
Tragédia causou a morte de 199 pessoas em 17 de julho de 2007.


Acidente com avião da TAM deixou 199 mortos em 2007 (Foto: Arquivo/Evelson de Freitas/AE)



Cinco anos depois da tragédia que matou 199 pessoas, nenhum dos denunciados pelo acidente com o Airbus A320 da TAM foi julgado. Enquanto o local exato do impacto foi transformado em uma praça e o aeroporto sofreu mudanças pontuais em rotinas da operação, parentes das vítimas ainda aguardam a conclusão do processo.
As causas do acidente foram investigadas pela Polícia Civil, a Polícia Federal (PF) e pelo Cenipa. Apesar de a Polícia Civil ter apontado 11 responsáveis pela tragédia, o relatório final da PF enviado à 1ª Vara Federal Criminal de São Paulo não trouxe nenhum indiciamento. Ele aponta que o acidente teria sido causado por erro dos pilotos.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Seguidores