sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Universitária é encontrada degolada dentro de seu carro em Santo André

Imagens de câmeras de segurança podem ajudar a polícia na investigação


universitaria-degoladaJotabê/Abcdigipress/AE
A jovem teria saído da faculdade na noite de quarta-feira (12), mas não retornou à sua casa


Uma estudante universitária foi encontrada degolada no banco de trás do seu carro, na rua Andradina, na Vila Príncipe de Gales, em Santo André, ABC Paulista, na manhã desta quinta-feira (13).
A jovem teria saído da faculdade na noite de quarta-feira (12), mas não retornou à sua casa. Preocupados, os pais acionaram a polícia, que teve acesso às imagens da câmera de segurança de uma empresa localizada em frente ao local do crime. No material aparece o carro estacionando e, em seguida, um Kadett parando pouco à frente, do outro lado da rua.
Um homem desce do carro da vítima com uma arma na mão e vai embora no Kadett. De acordo com informações dos parentes da vítima, a jovem fazia campanha para um vereador 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Após 81 dias de estiagem e umidade baixa, volta a chover em Belo Horizonte

Apesar do chuvisco, BH registrou o dia mais quente do ano ao atingir 35.3 Cº


Após uma estiagem de 81 dias, os guarda-chuvas voltaram timidamente às ruas de Belo Horizonte. De acordo com o meteorologista do TempoClima Puc- Minas, Adelmo Correia, choveu em pontos isolados da capital mineira, mas nada significativo. "Como ficamos um longo período sem chuva, esta chuvinha praticamente não resolve o problema", afirma. Nessa quinta-feira (13) Belo Horizonte registrou a maior temperatura do ano, quando a máxima chegou a 35, 3 Cº.
A chuva fraca, quase uma garoa, foi provocada pela frente fria que chegou à cidade e causou declínio da temperatura. Ainda segundo Adelmo, os ventos que atingiram a capital favorecem a formação de nuvens baixas e novamente haverá condição para chuviscos. No entanto, de acordo com ele, as chances de uma chuva mais forte para amenizar o calor são muitos pequenas. A situação deve melhorar a partir deste fim de semana, quando uma frente fria chega na cidade e a máxima deve ficar por volta dos 28 Cº.
Motivo de piada
Por causa da onda de calor que atinge a capital, a cidade chegou ao Facebook em forma de piada. Passeando pela timeline é fácil encontrar imagens que tratam do assunto com muito bom humor, normalmente oposto à irritação que as altas temperaturas causam na população.
Nessa quarta, quem chamou a atenção na rede social foi uma ilustre desconhecida que resolveu enfrentar o calor nas fontes da praça da Savassi, região Centro-Sul de Belo Horizonte. Enquanto os termômetros marcavam 35ºC, a moça colocou seu biquíni e se refrescou na zona nobre da cidade.
Atualizada às 18h41


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Família é feita refém durante assalto em casa no bairro Colégio Batista

Suspeita é que os autores tenham estudado a movimentação dos moradores


Uma família foi feita refém por assaltantes no início da tarde desta quinta-feira (13) em uma casa, no bairro Colégio Batista, região Leste de Belo Horizonte.
Segundo militares do 16º Batalhão de Polícia Militar, quatro suspeitos participaram da ação criminosa. Para entrar na residência, um dos bandidos interfonou dizendo que iria realizar uma entrega ao proprietário da casa.
Conforme a polícia, a empregada teria ido até o portão buscar a encomenda, quando foi rendida pelos criminosos. Dentro da casa, eles amarraram a dona de casa de 66 anos, a filha de 41 anos, a nora de 23 anos e a empregada dentro do closet. Na ação, os bandidos levaram R$ 25 mil  joias e R$ 6.500 em dinheiro.
Ainda segundo a polícia, a família conseguiu avisar a polícia depois que uma das vítimas conseguiu se soltar e ligar para um parente que mora próximo ao local do crime.
Durante relato a polícia, uma das vítimas contou que os criminosos estariam fortemente armados, com rostos cobertos e que teriam afirmado estarem monitorando a movimentação da casa. “Segundo a vítima, um deles lembrou que chegou a interfonar pedindo informações sobre um possível morador”, contou o comandante do 16º Batalhão, Robson Queiroz.
O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) chegou a ser acionado, porém quando chegaram na casa, os suspeitos haviam fugido. Investigadores da Delegacia Seccional Leste também compareceram ao local. A polícia realiza buscas na região na tentativa de prender os autores.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Zeus entra para o Guinness como maior cão do mundo


Guinness World Records/Reprodução
Zeus maior cão do mundo
Maior cão do mundo tem 1,11 metros de altura
Um cão chamado Zeus, em homenagem ao pai dos deuses da Grécia Antiga, acaba de entrar para o Guinness como o maior do mundo.

Com 3 anos de idade, mede incríveis 1,11 metros de altura, 70,3 quilos e vive em Otsego, Michigan, nos EUA.

"A única desvantagem é que tudo custa mais, a comida, medicamentos, transporte, hotel e se ele pisa no seu pé, ele deixa hematomas", diz a dona do cão, Denise Doorlag .
O cão de Denise quebrou o recorde do "gigante George", que é 2,54 centímetros mais baixo que Zeus.



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Só 22 cidades mineiras terão verba do Governo Federal para chuva


LILIANE BARROS PINHEIRO/DIVULGAÇÃO
guidoval
Guidoval foi uma das cidades mais afetadas com os problemas provocados pelas chuvas em janeiro
Apenas 22 municípios mineiros receberão recursos federais destinados a obras de engenharia para prevenção de desastres naturais decorrentes do período chuvoso. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (13) durante audiência pública convocada pela Comissão das Enchentes da Assembleia Legislativa.
As cidades contempladas, que representam apenas 2,6% dos 853 municípios do estado, são as únicas que apresentaram levantamentos e projetos concretos de ação para o período chuvoso. “Infelizmente não ficaremos livres das enchentes, dos deslizamentos e dos milhares de desabrigados em função das chuvas”, afirmou o presidente da comissão, deputado Arlen Santiago 
 
Investimento
 
Dos R$ 2,8 bilhões destinados aos municípios cariocas e mineiros atingidos por enxurradas, enchentes, alagamentos e deslizamentos de encostas em 2011, R$ 850 milhões serão investidos em Minas Gerais. 
 
A proposta do deputado Arlen Santiago é de que seja criada uma central de projetos em nível estadual para reunir os problemas e levar ao Governo federal as propostas individuais de cada município atingido.
 
O subsecretário de infraestrutura da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), Bruno Oliveira Alencar, não informou quais cidades de Minas serão contemplados com o aporte liberado pelo Governo federal. Ele adiantou apenas, que as cidades beneficiadas estão “pulverizadas pelo estado”. Quatro delas são da região da Grande BH e as demais no interior do estado. Alencar informou que o anúncio do nome dos municípios deverá ser feito oficialmente pelo Governo federal.
 
Até às 20h30 desta quinta-feira, o Ministério das Cidades não havia informado quais são as cidades de Minas a serem beneficiadas pelos recursos repassados pelo governo.
 
Balanço
 
No ano passado, em todo o estado, 1.436 casas foram destruídas pelas chuvas e 23.831 ficaram danificadas. Além disso, 886 pontes foram destruídas, 106.618 pessoas ficaram desalojadas, 9.594 desabrigadas, 6.321 feridas e 20 morreram.
 
As reuniões da Comissão Especial das Enchentes foram realizadas há dois meses e têm como objetivo acompanhar as obras de reconstrução dos locais mais afetados pelas enchentes. 



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Funcionário vacila e cadela foge de avião no aeroporto de Manaus


Uma cachorra vira-lata chamada Carmina desapareceu na tarde de terça-feira (11) no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, após ser enviada do Rio de Janeiro em um avião da TAM Linhas Aéreas por sua dona, Cléo Carvalho Ohana. Um descuido dos funcionários da empresa é apontado como principal motivo do desaparecimento. A proprietária do animal está no Rio de Janeiro, realizando um curso de mestrado e retorna para a capital amazonense na madrugada de domingo (16).

"O avião pousou no aeroporto às 15 horas, mas só nos avisaram sobre o desaparecimento muito depois. Os funcionários disseram que, ao abrir o compartimento de bagagens do avião, a cadela estava solta e pulou de uma altura de mais ou menos dois metros e correu para a saída. Pensando que era um animal abandonado, um segurança a deixou sair", explicou o padrasto de Cléo, o servidor público Maurício Lopes da Lapa.

De acordo com ele, o animal poderia ter sido encontrado se a empresa tivesse informado o desaparecimento imediatamente. "Eu poderia ter ajudado nas buscas e nós já poderíamos estar com ela agora", afirmou. De acordo com ele, a enteada encontra-se extremamente abalada com o desaparecimento do animal.

Ainda segundo Maurício, a empresa chegou a fazer contato com sua enteada para pedir fotos da cadela e fazer cartazes de busca, mas até esta quinta-feira (13) nenhuma ação foi tomada pela TAM. "Nós estamos fazendo tudo sozinhos e sem nenhuma ajuda. No aeroporto só dizem que não vão se pronunciar", ressaltou.

O servidor disse que uma carta garantindo a devolução do valor pago pelo transporte de Carmina foi entregue à família, mas a medida não consola a perda. "Nós vamos entrar com uma ação judicial contra a TAM, mas preferíamos encontrar o nosso animal, que está conosco há dois anos", salientou. Sobre o problema, a assessoria de imprensa da empresa de aviação se pronunciou apenas por meio de nota. "Em relação ao vivenciado com o animal doméstico da Sra. Cléo Carvalho Ohana, passageira do voo JJ3766 (Rio de Janeiro-Galeão/Manaus) do dia 11 de setembro de 2012, informamos que já estamos em contato com a nossa cliente para prestarmos o apoio que se fizer necessário para a solução do ocorrido", diz o texto.



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Médico diz que operário do vergalhão tem mastigação comprometida


Alexandre Azevedo acredita que estado não é permanente.
Francisco Bento Barroso, de 47 anos, segue sem previsão de alta.


Em uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (13), o diretor geral do Hospital Miguel Couto, Luiz Alexandre Essinger e o médico responsável pela cirurgia, Alexandre Azevedo, falaram sobre o estado de saúde do operário Francisco Bento Barroso, de 47 anos, que teve o pescoço perfurado por um vergalhão após cair de uma laje. O acidente ocorreu na quarta-feira (12).
Segundo os médicos, Francisco está lúcido, sendo medicado com antibióticos e permanece em observação. Conforme informou Alexandre, o vergalhão atingiu pequenos nervos da face, que estão comprometendo o perfeito funcionamento da mastigação da vítima. O médico ressaltou, contudo, que acredita que esta dormência deve ser passageira e deve estar sendo causada pelo edema no local.
Apesar do inchaço que está comprometendo a mastigação de Francisco, ele já se alimentou hoje, conforme informou o diretor geral do hospital. Segundo Essinger, Francisco chegou falando ao hospital e se recorda do que aconteceu na hora do acidente. "Ele disse que estava sentado na laje, fumando um cigarro, quando deu uma cochilada e caiu", informou Essinger.
Diretor Geral do Miguel Couto aponta tamanho do vergalhão Retirado. Médico Responsável pela cirurgia diz que operário tem mastigação comprometida (Foto: Cristiane Cardoso/G1)Essinger aponta tamanho do vergalhão retirado. 
Alexandre Azevedo diz que operário tem mastigação
comprometida (Foto: Cristiane Cardoso/G1)
De acordo com Alexandre Azevedo, a imagem é mais impactante do que a cirurgia em si. Ele explicou que a cirurgia consiste em isolar as lesões que o vergalhão poderia causar e retirar o objeto em posição direta.
"Após 2 horas de cirurgia para retirada do vergalhão, ele foi encaminhado para unidade de internação semi intensiva. Ele deve ficar 4 dias lá e não tem previsão de alta", informou Essinger que afirmou que ainda há risco de infecção.
Ainda de acordo com o médico, o vergalhão estava encostado na jugular e à 2 cm da carótida. Se tivesse causado lesão na artéria, Francisco poderia ter morrido de hemorragia, conforme informou Alexandre.
Sobre a possibilidade de Francisco estar alcoolizado, o médico informou que é normal o paciente com uma lesão como aquela chegar ao hospital em estado de torpor ou agitação e que este diagnóstico só é feito por perícia. Segundo o diretor geral do hospital, o vergalhão foi encaminhado para polícia para inquérito.

Fazendo uma comparação com o caso de Eduardo Leite, de 24 anos, que também sobreviveu após um vergalhão de 2 metros atravessar sua cabeça, Essinger afirmou que os dois casos tem complexidades similares já que o pescoço também é uma região onde "não sobra espaço".
A dificuldade no caso do vergalhão de Francisco, porém, foi devido ao seu tamanho, segundo informou Alexandre, uma vez que ele não podia deitar na maca, já que o vergalhão atravessava a nuca.
Crea-RJ diz que obra era irregular
Em entrevista a Rádio CBN na manhã desta quinta-feira (13), o vice-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ), Jaques Sherique, disse que é irregular a obra em Copacabana, na Zona Sul da cidade, onde o operário trabalhava.
Ouça a Rádio CBN aqui.
Operário teve o pescoço perfurado por um vergalhão (Foto: Reprodução/TV Globo)Operário teve o pescoço perfurado por um vergalhão, na quarta-feira (12) (Foto: Reprodução/TV Globo)
"Na verdade é uma obra irregular, que não tem placa. É uma obra que está sendo feita em uma área de comunidade e dessa maneira, não tem proteções, não tem guarda-corpo e não tem as linhas de vida para atrelar o cinto de segurança. Provavelmente ele se desequilibrou da laje durante alguma atividade e caiu de uma altura de aproximadamente de seis metros”, explicou o engenheiro.
De acordo Jacques, a princípio, na havia nenhum engenheiro responsável pela obra. Segundo ele, não há placa de profissional no local da construção. 

"O objetivo do conselho é verificar se existe um engenheiro responsável para gente poder fazer as verificações, mas no caso, até o momento, neste caso, não existe nenhuma placa de profissional responsável. Mas eu vou conversar com os familiares, para saber se tinha algum profissional responsável pela obra. A princípio, me parece que não", concluiu.
O engenheiro disse ainda que a obra pode ser embargada e também que a prefeitura poderia fazer algumas exigências.
Operário passou por cirurgia
Francisco caiu de uma laje em cima do objeto e foi socorrido por uma equipe dos Bombeiros, por volta das 13h de quarta. Segundo a Secretaria municipal de Saúde, ele foi operado ainda na tarde de quarta, passa bem, mas segue sem previsão de alta. Os bombeiros informaram que a obra ocorre em uma casa de número 621, na Ladeira dos Tabajaras.
Laje onde operário sofreu acidente no Rio (Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo)Laje onde operário sofreu acidente na Ladeira dos Tabajaras (Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo)
Polícia instaura inquérito
O delegado Márcio Mendonça, da 12ª DP (Copacabana) instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato e todos os procedimentos de praxe foram tomados. Duas equipes foram destacadas para atuar no fato.
Por volta das 11h30, uma equipe da delegacia estava no Hospital Miguel Couto para colher o depoimento da vítima e a outra estava no local do fato para interrogar testemunhas que ajudarm o operário logo após a acidente e acompanhar a perícia.

Outro caso
No dia 15 de agosto, um operário de uma obra em Botafogo, na Zona Sul, sobreviveu após um vergalhão de 2 metros de comprimento atravessar sua cabeça. Eduardo Leite de 24 anos passou por uma cirurgia de 5 horas que consertou a parte rasgada do cérebro e reconstituiu toda a região perfurada. A vítima, que é moradora de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, teve alta no dia 30 do mesmo mês. 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Seguidores