sexta-feira, 10 de junho de 2011

Temporal causa estragos em Manhuaçu e a primeira morte no Estado

Minas Gerais registra a primeira morte por causa do forte vendaval que atingiu várias regiões do estado, na noite dessa quinta-feira (09). De acordo com o assessor de imprensa da Defesa Civil Estadual, Capitão Edylan Arruda, Ângela Maria Moreira, de 59 anos, morreu depois de ser atingida por uma marquise, quando tentava se esconder do temporal, em Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas.
 
Segundo informações de populares, Ângela estava tentando se abrigar da chuva debaixo de um prédio em obras. Uma parede no terceiro andar desabou e atingiu a marquise. A vítima foi encontrada pelos bombeiros já sem sinais vitais. Nesse município os ventos chegaram a 74 km/h, em menos de uma hora de temporal.
 
Segundo o capitão, não há um balanço de todas as cidades atingidas pela forte chuva. Em Uberaba e Uberlândia no Triângulo Mineiro, a tempestade acompanhada de ventos fortes provocou a queda de aproximadamente 25 árvores, destelhamentos de casas, queda de placas publicitárias, além de vários pontos de alagamentos. Não houve vítimas. Nas regiões Sul e Zona da Mata, o vendaval também causou prejuízos e destruição.
 
Em Manhuaçu, galhos de árvores foram quebrados e caíram pela cidade. Há registro de casas que tiveram seus telhados arrancados. Ainda não se sabe exatamente quantas residências foram atingidas.
 
Na BR-262, no trevo da rua Capitão Rafael, parte de uma árvore caiu, interrompendo  as vias. O trânsito no local estava sendo realizado em apenas uma das pistas até o início da manhã desta sexta-feira.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores