quinta-feira, 14 de junho de 2012

14/06/2012 13h51 - Atualizado em 14/06/2012 13h51 Justiça condena homem que estuprou menina de 12 anos em ônibus no Rio

Paulo Roberto da Silva Dias foi condenado a 16 anos e 3 meses.
Crime aconteceu no dia 15 de fevereiro.


O juiz Luciano Silva Barreto condenou Paulo Roberto da Silva Dias a 16 anos e 3 meses de prisão por ter estuprado uma menina de 12 anos dentro de um ônibus no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, como mostrou o RJTV.

O crime aconteceu no dia 15 de fevereiro. Paulo já havia sido condenado a 10 anos por outro crime, estava na condicional, e cometeu o estupro no dia em que deixou o Presídio Ary Franco, em Água Santa.
De acordo com o delegado responsável pelo caso, Fábio Barucke, da 15ª DP (Gávea), o resultado do exame de corpo de delito realizado na vítima não aponta rompimento do hímen da jovem. O delegado revelou ainda que foi constatada uma equimose de cerca de 10 centímetros, espécie de mancha vermelha, próximo à nuca da jovem.
O crimeSegundo relatou a menina, ela foi estuprada na quarta-feira (15), dentro de um ônibus. O homem entrou armado no veículo, da linha 162 (Glória/Leblon), e coagiu a vítima a ir para o último banco do coletivo.
A vítima contou à polícia que estava sozinha no ônibus quando o criminoso entrou, no Leblon, também na Zona Sul. O motorista do veículo só teria percebido o estupro, após ser comunicado por duas passageiras, já no bairro Jardim Botânico.
“Durante o trajeto entre o Leblon e o Jardim Botânico, estavam no ônibus, além do motorista, apenas a menina e o estuprador. Quando entraram outras duas passageiras no Jardim Botânico, elas gritaram, o motorista parou o veículo, e o criminoso fugiu. Testemunhas relataram que ele pegou um ônibus em direção a São Conrado”, detalhou na época Fábio Barucke.
O delegado disse que o ataque durou cerca de 14 minutos. O ônibus possui câmeras de segurança que registraram a entrada e saída do criminoso.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores