terça-feira, 19 de junho de 2012

Cachorros encontram corpo de homem na zona rural de Piedade de Caratinga

última modificação 19/06/2012 
Principal suspeito de ter cometido o crime é um homem conhecido apenas como “Baiano”. Donos da propriedade acionaram a Polícia após avistar cachorro com uma das pernas da vítima na boca
Cachorros encontram corpo de homem na zona rural de Piedade de Caratinga

O sangue em meio a terra, restos de uma bolsa e ferramentas queimadas, o pedaço de madeira com vestígios de sangue foram os rastros deixados por um crime que segue em investigação. A Polícia Militar foi acionada na manhã desta segunda-feira (18/06), na zona rural de Piedade de Caratinga, no Córrego do Firmino.
  

Os donos da casa não quiseram gravar entrevista, mas a propriedade pertence a Irimar Moreira Lima. Sua esposa encontrou do lado de fora da casa um dos cachorros das imediações com um pedaço de uma perna humana na boca. Em relato aos policiais, ainda chocada, ela conta que ligou imediatamente para o marido, que na seqüência acionou a Polícia.

A perícia técnica da Polícia Civil constatou que a perna esquerda de um homem foi arrastada por um cachorro por aproximadamente 15 metros da marca de sangue em meio a terra. Já o corpo foi encontrado a uma distância de 30 metros, em local que está sendo utilizado pelo município para armazenamento de terra e lixo.

A movimentação dos cachorros não era em vão. O corpo de um homem, aparentando ter cerca de 1 metro e sessenta e cinco centímetros de altura, de pele branca e de cabelos pretos, estava jogado em meio aos entulhos. Segundo análise preliminar da perícia, o corpo já estava em fase de decomposição, com um indicativo de perfuração na cabeça e sem a perna esquerda e o braço direito. A suspeita é de que o crime tenha sido cometido na noite de sexta-feira (15/06). Informações repassadas pelos donos da propriedade estão sendo fundamentais para o trabalho investigativo e levantam algumas suspeitas quanto a possíveis autor e vítima deste crime.


Em relatos ao tenente Gomes, o dono da propriedade contou que ao chegar na casa na noite de sexta-feira, por volta das 18h, deparou-se com um homem de pele branca, alto, até então desconhecido, com sinais de embriaguez. Ele aconselhou ao homem que deitasse em um banco nas imediações da casa e somente seguisse seu caminho quando melhorasse. Feito isso, ele e sua esposa deixaram novamente a propriedade com destino a Caratinga. Quando retornaram, por volta das 21h, o homem não estava mais lá e sem muitas observações foram dormir.

 Durante a apuração do caso, os policiais forma informados de que um funcionário informal de nome Sebastião, mas conhecido como Baiano, não teria sido visto desde a última sexta-feira. Há cerca de 15 dias ele teria feito contato com a família, em busca de emprego. Não possuía documentos e estava na região há pouco tempo.
Outro fato que chamou a atenção da Polícia e dos donos da propriedade é o vestígio de objetos que teriam sido queimados no terreno. Conforme apurado, uma bolsa de ferramentas que ficava na parte interna da propriedade desapareceu e partes da bolsa estavam em meio aos objetos incendiados, juntamente com um isqueiro e restos de fumo que pertenceriam a Baiano.

A Polícia foi até a uma casa nas imediações onde Baiano estaria residindo. Ele não foi encontrado, mas policiais militares encontraram uma calça suja de terra e possíveis vestígios de sangue, ainda em análise.
  
Possíveis vítima e autor, segundo apurado, faziam uso de bebida alcoólica com freqüência. Há a hipótese de um desentendimento entre eles na noite de sexta-feira. Há denúncias de que Baiano circulava com um machado e a arma também pode ter sido utilizada no crime. A vítima seria um andarilho que estava na região, de nome e origem desconhecidos até então.

O jornalismo do Super Canal acompanhou passo a passo o trabalho da perícia técnica e as primeiras apurações realizadas pela Polícia Militar. Ao cessar dos trabalhos na cena do crime uma cena impressionou. Para a surpresa de todos, o braço direito da vítima foi encontrado em meio aos entulhos por um cachorro.  

A Polícia está à procura de “Baiano”, até então, o principal suspeito. 



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores