terça-feira, 26 de junho de 2012

Presidente do PT é levado à delegacia sob a suspeita de difamação contra Carraro e ex-prefeito Ernani

última modificação 25/06/2012
Hernandes, presidente do PT, relatou que a distribuição dos exemplares teria sido determinada pelo Prefeito de Caratinga João Bosco Pessine

O presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) Hernandes da Mata Huebra foi detido pela Polícia Militar e levado à delegacia de Polícia Civil nesta segunda-feira (25/06) sob a suspeita de crime de difamação e injúria contra o apresentador de tevê Carlos Carraro e o ex-prefeito de Caratinga Ernani Campos Porto.
Hernandes foi flagrado em um veículo Gol, no Bairro Monte Líbano, distribuindo jornais intitulados de “O Olheiro” e “JK Notícia” com dizeres ofensivos denegrindo a imagem de Carraro e do ex-prefeito Ernani. As publicações foram deixadas sobre o para-brisa dos carros estacionados e jogadas nas casas dos moradores.
Após o registro do fato, o caso foi analisado e encaminhado ao delegado João Lopes de Sá Neto. No entendimento do delegado ao verificar o material, houve difamação contra a pessoa do Carraro e do Ernani.   
De acordo com o boletim de ocorrência, ao ser questionado sobre o porquê de estar distribuindo os jornais, Hernandes, presidente do PT, relatou que a distribuição dos exemplares teria sido determinada pelo Prefeito de Caratinga João Bosco Pessine e que não sabia a origem do material.
Ainda conforme consta na ocorrência, Hernandes disse que não estaria sendo remunerado pela distribuição dos jornais, sendo sua motivação apenas política. Hernandes já foi ouvido pelo delegado João Lopes, e logo após liberado. Na delegacia, ele deu outra versão dos fatos, passando de possível autor à vítima.
Durante a ação policial, os militares apreenderam cerca de 500 tiragens do jornal “O Olheiro”, sendo a publicação datada de junho de 2012, em São Domingos do Pará, no Pará. Além de aproximadamente 300 tiragens do jornal “JK Notícia”, datado de maio de 2012, em Belo Horizonte. Publicações sem qualquer credibilidade jornalística e com denúncias não comprovadas contra Carraro e Ernani.
Entre as páginas do “JK Notícia” também continha uma folha solta com matéria favorável ao prefeito João Bosco. Segundo o delegado, Foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) sobre o fato e a partir de agora, o caso será encaminhado ao Juizado Especial Criminal. 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores