terça-feira, 10 de julho de 2012

Caratinga: cai o número de católicos e evangélicos já são mais de 21 mil

Os resultados do Censo Demográfico de 2010, divulgados pelo IBGE, referentes ao aspecto de religiosidade, mostram uma queda no percentual dos católicos no País e o crescimento dos evangélicos. Em Caratinga, a queda na proporção de católicos também foi muito acentuada, chegando a nove pontos percentuais, em relação aos números de 2000.
BrasilOs números do Censo 2010 confirmaram a tendência de redução na proporção de católicos no Brasil, que vem sendo observada nas duas décadas anteriores, em quase 20 pontos percentuais.

Em 1991, o número de católicos representava 83% da população brasileira. No Censo realizado em 2000, os católicos caíram para 73,6% dos brasileiros e, de acordo com o último recenseamento, hoje, a comunidade católica no Brasil corresponde a 64,6% da população.

De 2000 para 2010, o número de católicos apostólicos romanos caiu de 124,9 milhões para 123,2 milhões de pessoas. Mesmo assim, apesar da queda, o Brasil continua sendo o país com o maior número de católicos do Mundo.

No entanto, enquanto o número de católicos, tanto em percentual como em números absolutos, caiu nas duas últimas décadas, no mesmo período, verificou-se um acentuado crescimento no número de evangélicos.

Em 1991, de acordo com o Censo realizado pelo IBGE, o número de evangélicos no Brasil era de aproximadamente 13,2 milhões de pessoas, representando 9% da população brasileira. Em 2000, o percentual de evangélicos saltou para 15,4%, atingindo a marca de 26,1 milhões. Agora, segundo os números do Censo 2010, os evangélicos do País somam quase 42,3 milhões, correspondendo a 22,1% da população brasileira.

Os espíritas, que em 2000 eram 1,3% da população brasileira, hoje representam 2%, num total superior a 3,8 milhões de pessoas.  Os praticantes de Umbanda e Candomblé mantiveram o mesmo percentual apresentado em 2000, 0,3%. O total das pessoas que professam outras religiosidades somam 6 milhões (3,1%).

As pessoas que afirmam não ter religião, que eram 7,4%, em 2000, agora alcançam 8% da população brasileira, num total superior a 15,3 milhões. Entre estes estão os ateus (615 mil) e agnósticos (124 mil).
CaratingaNo município de Caratinga, o número de católicos registrou uma queda quase idêntica à média nacional, porém um pouco maior, em comparação ao quadro apresentado pelo Censo 2000, quando a comunidade católica representava 77,96% da população local.

No Censo 2010, esta proporção caiu para 68,4%, numa queda de 9,56% e, atualmente, Caratinga conta com, aproximadamente, 58 mil católicos. Em 2000 este número ultrapassava a 60 mil pessoas.
No mesmo período, os evangélicos saltaram de 17,23%, registrados em 2000, para 25,5%, crescendo de aproximados, 13 mil fiéis, para mais de 21 mil membros.

Os espíritas subiram de 0,5 para 0,8%, o mesmo acontecendo com as pessoas sem religião que, em 2000, eram 3,45% da população de Caratinga e, agora, atingem 5,2%.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores