domingo, 23 de setembro de 2012

Gata que nasceu com duas cabeças morre em São Gonçalo


Dona de filhote procurou ajuda para tentar salvar animal
Isabele Rangel, do R7 | 23/09/201

Morreu no sábado (22) a gatinha Dupla Face, que nasceu com duas cabeças, no bairro Galo Branco, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. O filhote tinha dois focinhos e três olhos. A diarista Rita de Cássia Albuquerque, dona do animal, está inconsolável.
— Estou arrasada até agora. Tinha acabado de alimentar ela. A bichinha estava até espertinha, animada. Estava no telefone e ouvi um grito da minha filha na cozinha: ‘Mãe, morreu. Mãe, morreu’.
Rita contou ainda que a morte da gatinha foi ainda mais dramática por que a casa dela estava cheia de crianças que foram visitá-la para conhecer o animal.
— Foi um desespero só. A casa estava com muitas crianças. Ainda tentei fazer de tudo, mas não teve jeito.
Segundo a diarista, a mãe de Dupla Face, Mel, não para de procurar pelo filhote e fica rodando pela casa inteira, miando.
— Até dentro do meu armário ela se enfiou para procurar o filhote. Ela fica atrás de mim o tempo todo. É como se estivesse me perguntando ‘cadê a minha filha’.
A história da gatinha com dois focinhos começou quando a gata Mel, que vivia na rua, foi adotada por Rita logo depois de ter uma ninhada. Dos sete filhotes, apenas cinco haviam sobrevivido, entre eles, Dupla Face.
A gatinha não conseguia se alimentar direito e estava fraca, o que preocupou a diarista. Rita de Cássia decidiu procurar veterinários, que chegaram a dizer que o filhote tinha chance de sobreviver. Com a morte da gata, a diarista ainda tem sete gatos, sendo três animais adultos, e quatro filhotes.
— Tem algumas pessoas que não entendem a minha tristeza, mas quem tem um animal de estimação sabe o que é isso. É como se fosse um membro da família.
Assista ao vídeo:


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores