terça-feira, 15 de outubro de 2013

Bandidos roubam moto e ferem mulher com uma coronhada no rosto

PM em rastreamento 

Georgia Maria Alves  conversou com a nossa equipe de jornalismo quando ainda realizava um curativo no rosto. Ela foi ferida na manhã desta terça-feira (15/10),  quando retornava da estrada do aeroporto e estava nas proximidades de uma mercearia no bairro das Graças. Dois bandidos a abordaram, roubaram a sua moto e ainda a feriram com uma coronhada no lado esquerdo do rosto.

VITIMAFERIDA2
A princípio, Georgia achou que a arma era de brinquedo. Diante da resistência os bandidos atacaram. “Eles já chegaram com a arma em punho.  Eles queriam a chave da moto e eu falei que não. Pensei que era um revólver de mentira, porque a gente vê na televisão. Aí ele bateu a arma no meu rosto e eu vi que ela era de verdade”.
Ainda segundo a vítima, os bandidos queriam o documento da moto, mas por ser inabilitada e utilizar a moto do marido, ela não estava com os documentos.  Os bandidos fugiram na moto da vítima em direção a BR 116, não sendo possível precisar se prosseguiram com destino a Caratinga ou Ubaporanga.
VITIMAFERIDA
Sargento Elvécio colheu o depoimento da vítima ainda no Pronto Atendimento Municipal e na sequência os policiais militares iniciaram o rastreamento. A moto roubada é uma Honda NXR Bros, de cor vermelha, placa PLACA: OQF 1876. Quem tiver alguma informação que possa contribuir com o trabalho da Polícia na identificação dos autores e localização do veículo, denuncie através dos números telefônicos 190 ou disque unificado 181.
A equipe do tático móvel voltou nesta manhã ao local dos fatos e conseguiu apurar que os dois autores haviam abandonado a moto que utilizaram na prática do assalto nas imediações do bairro. Minutos após a ação, eles voltaram e chegaram a deixar a moto em um lava-jato, retornando 15 minutos depois para buscá-la, desistindo do serviço. Já a moto da vítima, desde então não foi mais vista. A Polícia mantém o rastreamento.
Georgia sofreu apenas escoriações no rosto e após ser atendida no PAM de Caratinga retornou para a casa, ainda assustada com tamanha violência.

PAM
Depoimento da vítima foi colhido pela PM no PAM de Caratinga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores