quarta-feira, 27 de abril de 2011

Adolescente morre e dois ficam feridos em tentativa de assalto em caratinga mg


Ao ver o irmão levando coronhadas do suspeitos, um empresário sacou um revólver e disparou contra os menores


CEZAR LAIGNIER/DIARIO DE CARATINGA
menor morre em assalto
Estudante de 13 anos morreu antes da chegada do socorro ao local do crime
CARATINGA – Um adolescente morreu, dois ficaram feridos e um fugiu após tentativa frustrada de assalto a um mercadinho de Caratinga, Leste do Estado, na manhã desta quarta-feira (27). Os quatro chegaram armados e encapuzados ao estabelecimento por volta das 6h25, mas não contavam com a reação dos proprietários -  os irmãos Fernando Ribeiro dos Santos, 33 anos e Haroldo Gonçalves dos Santos, 26. Um deles ficou ferido e o outro fugiu depois de balear os adolescentes.

A polícia foi acionada por Adriana Gonçalves, irmã dos comerciantes. Ela contou que ao chegarem ao “Mercadinho dos Meninos”, que fica na Travessa João Coutinho, no Centro, os irmãos foram surpreendidos pelos quatro adolescentes, que anunciaram o assalto. Haroldo teria reagido depois de ver Fernando ser agredido com coronhadas na cabeça. Ele teria pegado a arma na gaveta do caixa do mercadinho e atirado contra os quatro adolescentes.

O estudante A.R.B.M.C., 13 anos, morreu no local. M.P.P., de 14 anos, foi atingido no pescoço e K.P.C.R., de 13 anos, baleado no braço direito. Eles foram levados para o Hospital Municipal de Caratinga, onde ficaram em observação. No final da manhã, K.P.C.R. foi liberado e conduzido até a delegacia para ser ouvido pela delegada de Menores, N.T.C e M.P.P., internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital.

A suspeita é que o quarto adolescente que fugiu também tenha sido baleado. A polícia mantinha plantão nas unidades de saúde de Caratinga para apreendê-lo, caso procurasse atendimento médico. Os quatro adolescentes eram amigos, vizinhos na Rua D, Bairro Doutor Eduardo, periferia da cidade e, de acordo com a polícia, possuem várias passagens por infrações diversas.

A mãe de adolescente que morreu, a dona de casa Jaíra Braz Castro, contou que o filho era viciado em maconha e que saiu de casa na noite de terça-feira para dormir na casa de um amigo. Ela chegou à mercearia logo após a tentativa de assalto e se desesperou quando viu o filho morto na calçada. O comerciante Fernando recebeu atendimento médico e foi liberado no final da manhã. O irmão dele fugiu do local, mas segundo informações de familiares, vai se apresentar na quinta-feira (28) à polícia e alegar legítima defesa.



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores