quarta-feira, 27 de abril de 2011

Criança de Ipatinga, vítima de bullying, é agredida com chutes no olho em Escola Estadual no bairro Canaã.

Um problema silencioso que aflige principalmente a comunidade escolar. Estamos falando do bullying, nome dado às agressões físicas e psicológicas intencionais e repetitivas cometidas sem motivação evidente. O bullying é mais que uma brincadeira de mau gosto, pois ultrapassa os limites físicos e psicológicos de uma pessoa. De acordo com especialistas, na escola a vítima começa a ser alvo geralmente na quinta e sexta série do ensino fundamental.

A questão foi foco de muitas discussões por causa do ataque que aconteceu numa escola de Realengo, no Rio de Janeiro. Wellington Menezes de Oliveira teria sido vítima de bullying nos anos que estudou na Escola Municipal Tássio da Silveira. Depois de alguns ano que havia saído do colégio, voltou e foi protagonista de um massacre: matou 12 crianças com tiros a queima-roupa.

Já em Ipatinga, a mãe Anaílza dos Santos diz que veio da Bahia há cinco anos e buscou o filho em dezembro do ano passado. Diz estar vivendo um pesadelo há dois meses, quando começou o ano letivo. Segundo ela, o menino de 6 anos sofre bullying na escola por causa do sotaque. Na última semana, teria sido agredido com chutes no olho direito. Anaílza conta que até livros e cadernos do filho foram rasgados pelos colegas de sala.

Confira entrevista no vídeo

A criança estuda na Escola Estadual Wilson Alvarenga, no bairro Canaã. A diretora informou à nossa equipe que desconhece qualquer fato que possa levar o aluno a sofrer bullying na escola.

O presidente do Conselho Tutelar do município já foi comunicado.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores