segunda-feira, 6 de junho de 2011

Foi retirado um dos cavalos baleados no sábado passado

O caso abalou vários moradores do Bairro Turmalina.


Fonte: inter tv



No perímetro urbano da BR 116, em Governador Valadares, alguns moradores estavam revoltados. Os populares encontraram dois cavalos baleados às margens da BR. Willian Carvalho, caminhoneiro, afirma que agentes da Polícia Rodoviária Federal seriam os responsáveis. Segundo ele, os policiais disseram que há leis que asseguram a morte desses animais.

O dono de um dos animais, o aposentado Severino da Silva, disse que o cavalo não estava invadindo a pista e sim pastando em matagal que fica ao lado da rodovia. Ele diz não entender o motivo dos disparos, já que o cavalo machucado, segundo ele, não conseguiria invadir a pista. 

Mas além dos animais, os disparos também atingiram o quarto de uma casa. Nele dormia um bebê e ele não se feriu. Uma borracharia também foi alvo dos tiros, mas ninguém foi atingido. De acordo com o borracheiro Paulo Sério Amável, caso ele estivesse trabalhando na hora ou alguma criança estivesse no local poderia ter sido atingido.

No sábado nossa produção conseguiu falar com o inspetor Wendel Kaiser da polícia rodoviária federal do município, por telefone. Ele desmentiu a participação dos agentes no caso. Segundo o policial, moradores do Bairro Turmalina ligaram para o posto pedindo a retirada dos cavalos feridos e imediatamente foi feito contato com a prefeitura. 

Na manhã desta segunda-feira, nossa produção tentou contato com o responsável pela PRF na região em Caratinga. Mas a informação é que só estará no posto na parte da tarde. A polícia civil da cidade disse que, por enquanto, nenhum registro foi feito na delegacia.

Confira a reportagem no vídeo.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores