sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Polícia Civil apreende drogas, dinheiro, munições e pistola do Exército no Bairro Salatiel. Dois são presos e um menor apreendido


última modificação 15/09/2011
fonte: Super Canal
Os autores e o menor de 14 anos foram levados à delegacia após serem pegos em flagrante dentro de um quarto endolando as drogas e já estarem sendo monitorados pela polícia há vários dias

A Polícia Civil obteve êxito em mais uma ação policial de combate ao tráfico de entorpecentes. Dois homens acusados de traficar drogas foram presos na noite de ontem (14), na Rua Padre Vigilato, no Bairro Salatiel, em Caratinga. Os policiais também apreenderam um menor de 14 anos, drogas, dinheiro, munições e uma pistola do Exército. 
Reportagem do Super Canal acompanha com exclusividade o trabalho da Polícia Civil    
A ação da Polícia Civil contou com a participação de 7 policiais e terminou com a prisão em flagrante de dois acusados por envolvimento com o tráfico de drogas: Graziano Henrique Corrêa, de 28 anos, que já tem passagem pela polícia pelo mesmo crime, e Valmir Faustino Rosa, também de 28. Um menor infrator de 14 anos, irmão de Graziano, também foi apreendido e levado à delegacia.
Com eles, os civis apreenderam 117 buchas de maconha e 94 papelotes de cocaína prontos para serem comercializados, uma pistola 9 milímetros com 3 carregadores de uso exclusivo e restrito do Exército e R$ 21,00 em dinheiro. Os autores e o menor de 14 anos estavam dentro de um quarto na casa da mãe de Graziano endolando as drogas, quando foram abordados pelos policiais civis.  
Há vários dias os envolvidos já vinham sendo alvos de investigação da polícia. 
“Nós tínhamos informações de que havia um intenso tráfico nesse local. Então, ficamos monitorando essas pessoas e tivemos a informação de que a droga estaria lá. Juntamos a equipe, fomos lá e tivemos sucesso em apreender essa quantidade de drogas e uma arma de 9 mm que é de uso restrito”, disse o Delegado Armando Avólio.      
Graziano, segundo a Polícia Civil, seria o suspeito de articular pessoas para atuar no tráfico de drogas e estaria fazendo constantes viagens ao Rio de Janeiro para buscar os entorpecentes e comercializá-los em Caratinga. 
“A informação que a gente conseguiu levantar é que ele trazia drogas do Rio de Janeiro, estava indo e vindo pra fazer essa ligação entre Rio de Janeiro e Caratinga, mas nós conseguimos impedir mais um traficante aqui na cidade”, destacou o Delegado Armando.  
Além de todos esses materiais, os civis também apreenderam uma agenda com anotações e o controle das drogas que eram vendidas. “O tráfico, essa organização do tráfico, ela é escrita em um papel, a venda, quanto eles compram, quanto eles vendem e tudo estava caracterizado ali no tráfico”, informou o Delegado Armando.      
Na delegacia de Polícia Civil, Valmir negou qualquer envolvimento ou participação com o tráfico de drogas. Já Graziano, se defendeu jogando a culpa no menor de 14 anos.
Prisão preventiva 
As investigações continuam e um pedido de prisão preventiva contra os dois autores será feito ao juiz.  “Eu irei relatar o inquérito, encaminhá-lo ao fórum e quanto a esses conduzidos, eu irei pedir a prisão preventiva deles ao juiz, e o juiz concedendo, eles continuam presos até o final do processo”, ressaltou Armando.   




..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores