quinta-feira, 14 de junho de 2012

Loja de celular: Claro é assaltada na Avenida Olegário Maciel, no centro de Caratinga

última modificação 13/06/2012 
Assaltantes supostamente armados rendem funcionárias e fogem levando 41 aparelhos celulares. Agora, PM está à procura do homem suspeito de ser o mandante do crime

Eram por volta das nove horas da manhã desta quarta-feira (13/06), quando a Polícia Militar registrou o assalto à mão armada contra uma loja de celular, que fica situada na Avenida Olegário Maciel, no centro da cidade. As funcionárias passaram por momentos de tensão nas mãos dos assaltantes. A ação foi muito rápida, durou cerca de cinco minutos.    
De acordo com uma das atendentes da loja, três homens supostamente armados chegaram ao local, rendendo as cinco funcionárias que estavam no momento do crime, enquanto outro possível comparsa daria cobertura aos outros três do lado de fora. Os suspeitos fugiram levando 41 aparelhos celulares.
O circuito interno de segurança da loja flagrou toda a ação dos assaltantes. Três rapazes, todos usando blusa com capuz, entram e anunciam o assalto. Eles colocam uma bolsa em cima do balcão e vão até as vitrines e começam a retirar as mercadorias. Enquanto os integrantes do roubo ficam na entrada da loja observando a chegada da polícia. Uma das vendedoras é obrigada a ajuda-los a recolher os aparelhos. Logo após, os três pegam a mochila e fogem do local.
As imagens foram analisadas pela PM e serão repassadas à Polícia Civil, que vai abrir um inquérito para investigação do caso. Desde a manhã de hoje, os militares estão e estiveram empenhados em buscas de pistas e informações que pudessem levar aos possíveis assaltantes. Durante os trabalhos da polícia, quatro homens suspeitos foram presos e levados à delegacia.
Dois deles estariam entre os três que assaltaram. Já os outros dois foram flagrados pelos policiais buscando onze dos aparelhos roubados e recuperados em uma trilha atrás da maternidade que dá acesso ao Bairro Anápolis. As mercadorias estavam guardadas dentro de uma sacola, que estava enrolada em um agasalho. A polícia acredita que os suspeitos tenham divido entre eles os produtos roubados. 
Ainda conforme a PM, eles teriam ido buscar os celulares a mando de outra pessoa, que no caso seria o mandante do crime. Segundo a PM, dos quatro suspeitos levados à delegacia, três deles já são conhecidos no meio policial. Para a polícia, eles negaram qualquer envolvimento no roubo. Além disso, as vítimas reconheceram os suspeitos por meio de fotografias.
Agora, a polícia está à procura do homem suspeito de ser o mandante do crime. Os militares já têm o nome dele e continuam em rastreamento. Quase ao fim da tarde desta quarta, outros celulares foram recuperados pelos militares. Até o fechamento desta reportagem não houve mais prisões, e a polícia não concedeu entrevista, por ainda estar realizando diligências em torno do caso. 



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores