quinta-feira, 14 de junho de 2012

Polícia Civil prende três dos acusados de cometer duplo homicídio em Cordeiro de Minas em março deste ano

última modificação 14/06/2012 Fonte: Super Canal
Suspeitos já tinham um mandado de prisão preventiva contra eles, e foram presos após operação da Civil no Vale do Aço. Crime teria sido motivado por um desacerto comercial em relação à compra de veículos
Polícia Civil prende três dos acusados de cometer duplo homicídio em Cordeiro de Minas em março deste ano
Leonardo (à esquerda) e Wesley (à direita) teriam sido mortos a tiros e facadas

A operação desencadeada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (13/06), na região do Vale do Aço, objetivou prender os suspeitos de participarem de um duplo assassinato cometido contra Wesley Dias Bedetti, de 36 anos, e Leonardo Martins Silva Pereira, de 31, que moravam em Belo Horizonte. Os dois teriam sido mortos a tiros e facadas em nove de março deste ano. 
Na época, os corpos das vítimas foram encontrados às margens da estrada de Cordeiro de Minas, distrito de Caratinga, em um local próximo à entrada da Lagoa do Piau, a cerca de dois quilômetros do trevo da LMG-759, que liga Ipatinga a Pingo D’Água. Além de serem executadas, as vítimas também estavam com sinais de atropelamento e um deles teve a cabeça dilacerada. 
As vítimas estavam em um veículo Ford Ka placa HGV-0445, com emplacamento em Belo Horizonte, abandonado no local com o porta-malas aberto. O corpo de Leonardo estava caído ao lado do Ford Ka. Já o de Wesley estava a uns 15 metros de distância do veículo. Além de um celular sem chip e documentos pessoais das vítimas, um projétil deflagrado de um revólver calibre 38 também foi recolhido na cena do crime. No dia anterior ao crime, Wesley e Leonardo também estiveram no shopping de Ipatinga. 
Prisão dos acusados. Dois ainda estão foragidos
Segundo informações da Polícia Civil, a operação resultou na prisão de três dos cinco homens acusados de cometer o crime: Wesley, Fernando e Onésio, que estão detidos no Presídio de Caratinga. Os outros dois suspeitos ainda se encontram foragidos. 
Conforme a Civil, Wesley seria o executor, e Fernando o mandante do crime. O duplo homicídio teria sido motivado por um desacerto comercial em relação à compra de veículos. Já que Leonardo trabalhava com compra e venda de carros, e teria ido a Ipatinga em companhia do amigo Wesley cobrar uma pessoa. Motivo pelo qual, eles podem ter sido mortos. 
Já havia um mandado de prisão preventiva contra os três que permanecem presos, e nesta quarta, os policiais civis realizaram mandados de busca e apreensão nas casas dos suspeitos. Na chácara onde Wesley estava residindo, a Civil encontrou um tablete de cocaína e um pequeno tablete de maconha. 
A ação policial também resultou na apreensão de canhotos de cheque em nome de um dos acusados que foram repassados às vítimas, e vão ajudar nas investigações. Ainda de acordo com a polícia, os três suspeitos já foram ouvidos, porém, eles disseram que só falarão em juízo. O inquérito da Civil já está praticamente concluído, e o caso segue sendo investigado.  


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

2 comentários:

  1. Fico feliz, vendo a justiça começando a ser feita..
    Agradeço ao Delegado pelo empenho neste Duplo homicidio...

    ResponderExcluir
  2. Facil é falar mais é menos um para dar prejuizo a socidade esse Leo deu prejuizo e muito no Espirito Santo.

    ResponderExcluir

Seguidores