quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Explosão de caixa eletrônico chega a Caratinga


CARATINGA – Depois de vários casos no país, no estado e na região, incluindo nas cidades de Entre Folhas, São Sebastião do Anta, Vermelho Novo, Bom Jesus Galho, Santa Rita de Minas, Santa Bárbara do Leste e Vargem Alegre, chegou a vez de Caratinga ser atacada por ladrões que explodem caixas eletrônicos. 
De acordo com informações da Polícia Militar, na madrugada de ontem por volta das 2h30, o caixa eletrônico do Banco do Brasil, instalado na porta de acesso ao Centro Universitário de Caratinga – Campus II, no Bairro Nossa Senhora das Graças, foi explodido por quatro marginais. 
No centro universitário permanecem dois vigilantes, sendo que um estava no prédio onde fica o caixa, porém ele teria ido ao banheiro, que fica no segundo andar e o outro estava em um bloco anexo. 
Os autores chegaram ao local a pé e os vigias só perceberam o que estava acontecendo quando ouviram a explosão. A ação durou pouco mais de quatro minutos. O vigia que estava no segundo andar do prédio permaneceu escondido, enquanto o que estava no edifício ao lado fugiu em direção à BR-116 e foi perseguido pelos assaltantes que estavam encapuzados e armados. 
Depois de explodirem o caixa, os ladrões fugiram a pé em direção a uma estrada vicinal.
Carro suspeito
Antes da ação criminosa, por volta das 23h, a PM foi informada que dois homens armados estariam no pátio do posto Itaúna, nas proximidades, e saíram em um Santana de cor cinza, placa de Ipatinga, com adesivo de “vende-se” nos vidros.
A polícia investiga a ligação deste carro com a explosão do caixa; os militares estiveram no local, mas não encontraram nada.   
Os dois indivíduos que foram vistos no posto, eram de cor clara, aproximadamente 1,65m e eram magros.
De com acordo com o capitão PM Walter Soares, as imagens da câmera de segurança já foram analisadas e estão sendo feitos levantamentos que podem levar aos autores.  
Ainda de acordo com o oficial da PM algumas medidas preventivas podem ser tomadas pelos próprios bancos, como colocar tinta dentro dos caixas, assim, quando houver a explosão as notas ficarão manchadas e serão inutilizadas.
Violência
A explosão no caixa foi tão violenta que os vidros e o teto de gesso do prédio foram quebrados. O caixa ficou destruído e os bandidos levaram apenas o compartimento que fica o dinheiro. A quantia levada não foi divulgada.  
A assessoria de comunicação da faculdade informou por telefone que os prejuízos ainda não foram contabilizados, lamentou o acontecido e disse que os reparos necessários já estão sendo feitos. O Centro Universitário ainda não decidiu se os caixas serão retirados das unidades.
Crime da moda
A explosão de caixas eletrônicos é tratada com crime da moda. E, pior para os cidadãos de bem, é que a moda não acabe de uma hora para outra, já que os bandidos descobriram a vulnerabilidade dos caixas eletrônicos. 
Especialistas atribuem o surgimento da nova modalidade à repressão aos crimes tradicionais. 
Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), nos três primeiros meses do ano os ataques aos terminais eletrônicos cresceram 119 % se comparado com o mesmo período de 2011, quando 34 ocorrências foram registradas. Ao todo de janeiro a março deste ano, foram 73 explosões.












CLIQUE AQUI VEJA AS ÚLTIMAS CARATINGA MG NOTÍCIAS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores