sábado, 28 de junho de 2014

Prefeito esclarece reintegração de posse envolvendo bombeiros voluntários e anuncia convênio com Grupamento Civil em caratinga

Assista à reportagem completa:
Fonte: Raquel Borsari




Esta semana, a imprensa acompanhou mais uma decisão judicial envolvendo o Corpo de Bombeiros Voluntários de Caratinga (CBVC) e a prefeitura. Oficiais de justiça foram à corporação e cumpriram um mandado de reintegração de posse. Por determinação da Justiça, os bombeiros desocuparam o imóvel e devolveram veículos e equipamentos pertencentes ao município.

Nesta sexta (27/06), o prefeito Marco Antônio convocou uma coletiva de imprensa e esclareceu os motivos que o levaram a entrar com a ação judicial.

“Eu entendo a importância do Corpo de Bombeiros Voluntários para Caratinga. É uma grande ideia que tem ajudado a sociedade como um todo. Mas pelas questões legais, e, naquele momento, eu disse a vocês que, não poderia ajudar como gostaria de ajudar. Fiz uma proposta de investimento de R$ 15 mil por mês para custeio, porém, eles estavam impedidos pela questão da prestação de contas. E eu precisei então, solicitar a reintegração de posse do espaço e dos equipamentos”, afirmou o prefeito.

Mesmo diante das dificuldades e da recente decisão da Justiça, o Corpo de Bombeiros Voluntários continua de portas abertas. Conforme determinação judicial, os bombeiros voluntários devolveram à prefeitura cinco veículos, entre eles, o caminhão-pipa de combate a incêndios, além de uma bomba centrífuga e uma motosserra à gasolina. Um convênio no valor de R$ 15 mil por mês já foi firmado com o Grupamento de Bombeiros Civil (GBC) de Caratinga, segundo anunciado oficialmente pelo prefeito.

“Então, a gente tem até recomendado ao Grupamento que deixe tudo em ordem, que pague suas obrigações sociais, que prestem contas no tempo correto, para que a gente possa manter essa instituição funcionando. Então, eu tenho que só declarar à sociedade e tranquilizar a todos que, vai funcionar da mesma forma. E agora, vai conseguir até melhorar, porque eu vou poder ajudá-los. Nós caratinguenses, através dos nossos impostos, para poder conveniar, passar recursos e melhorar o atendimento”, disse.

Além do repasse de R$ 15 mil por meio do convênio ao GBC, a prefeitura também vai ceder o espaço, os veículos e equipamentos que eram usados pelos bombeiros voluntários. Com a reintegração de posse, de acordo com Junqueira, os veículos estão passando por uma revisão na Secretaria de Obras, para serem recuperados e entregues ao GBC.

O GBC ainda não tem o desencarcerador, um equipamento usado para retirar vítimas presas às ferragens. O prefeito informou que os bombeiros civis já adquiriram o equipamento e deve chegar semana que vem. Marco Antônio encerrou dizendo que caso o Corpo de Bombeiros Voluntários se regularize legalmente, que há possibilidade de firmar um convênio com a instituição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores