sábado, 18 de junho de 2011

Mulher de executivo é encontrada morta e com sinais de violência sexual em Uberlândia

FOTO: ARQUIVO PESSOAL
Corpo da jovem foi encontrado às margens da BR-452


O corpo de uma mulher de 26 anos foi encontrado nesta sexta-feira (17) às margens da BR-452, que dá acesso à penitenciária Pimenta da Veiga, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. De acordo com a polícia, a jovem estava desaparecida desde essa quinta e o corpo apresentava marcas de violência.
O marido da vítima, que trabalha com ela em uma empresa de telecomunicações, contou à PM que a mulher saiu do trabalho dizendo que iria para a academia. No entanto, de acordo com o estabelecimento, às 17h30, ela teria ligado e informado que não iria à aula.
Como todos os dias ela ia buscar o marido, por volta das 18h, ele desconfiou da demora da mulher e resolveu ir até a academia, onde ficou sabendo da ausência da esposa. Preocupado, ele acionou a Polícia Militar e deu queixa a respeito do desaparecimento.
Na manhã desta sexta-feira, uma denúncia anônima dava conta de que o corpo de uma mulher estava caído próximo à rodovia. Chegando ao local, confirmaram que se travatava da executiva. A mulher apresentava marcas de violência na cabeça, mas apenas a perícia poderá comprovar se trata de tiro ou paulada.
A calça dela estava abaixada e nenhum pertence pessoal foi encontro. O carro da vítima, uma caminhonete da marca Mitsubishi, encontra-se desaparecido. De acordo com a polícia, ainda é não possível apontar a motivação do crime, mas há suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte).
A vítima e o marido moravam em um condomínio de luxo na cidade e, segundo a PM, não tinham inimigos.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores