quarta-feira, 18 de julho de 2012

Anatel suspende venda de chips da Oi, Claro e TIM em vários estados brasileiros



A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) anunciou nesta quarta-feira, 17/7, durante uma coletiva de imprensa, que irá suspender a venda de chips de três grandes operadoras de telefonia móvel no país - Oi, Claro e TIM - a partir da próxima segunda-feira (23/07). Caso descumpram a decisão, as empresas poderão ser multadas em R$ 200 mil por dia.
O veto aconteceu devido ao grande número de reclamações que a agência tem recebido com relação aos serviços prestados pelas empresas. Somadas, as três operadoras detêm 70% do mercado de telefonia móvel no território nacional. A Claro possui 24,59%, a Oi 18,59% e a TIM 26,88% do montante total.
As operadoras terão 30 dias para apresentar um plano claro de investimento para resolver os problemas na prestação dos seus serviços. O planejamento deve prever os próximos dois anos. Enquanto elas não apresentarem esse relatório, as vendas estarão suspensas.
O órgão exige que as operadoras melhorem a qualidade de suas redes, as chamadas e também o atendimento dos clientes em call-centers. A Anatel também acredita que com o aumento da cartela de clientes, a qualidade de seus serviços prestados deverá evoluir paralelamente.
"Nós consideramos que a medida é extrema, mas importante para fazermos uma arrumação no setor. Estamos enfrentando momentos decisivos como a implantação da conexão 4G e dos eventos esportivos como a Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas de 2016", afirmou João Rezende, presidente da Anatel.
A venda de novas linhas ativas da TIM deverá ser proibida em 15 estados brasileiros, enquanto as da Oi serão suspensas em seis e da Claro em três. A maior operadora do país, a Vivo, ficou de fora da decisão da agência e as vendas de suas linhas não serão suspensas.
Na última semana, a Anatel divulgou que pretendia proibir as vendas da TIM, mas que antes disso deveria aprofundar suas investigações quanto às outras empresas. O ministro das Telecomunicações, Paulo Bernardo, afirmou que a proibição das vendas deveria ser a última atitude a ser tomada para fazer uma empresa resolver seus problemas.
Estamos em contato com as assessorias das três operadoras, e atualizaremos a nota assim que tivermos mais informações.



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Carro de taxista capota e fica de rodas para cima próximo ao Parque de Exposições.


CARATINGA – Por sorte duas pessoas não ficaram gravemente feridas em um acidente que aconteceu na tarde de ontem próximo ao Parque de Exposições, na BR-116. 
O taxista Francisco Maurício de Freitas, 64 anos, contou que fazia o trajeto de Caratinga a Entre Folhas, no Uno placa HLW-2535, e ao passar próximo ao Parque sentiu apenas um impacto em seu carro.
O Crossfox, placa GYJ-7811, conduzido por Márcia Eliane Quintanilha Gonçalves, de acordo com testemunhas, ao tentar fazer uma ultrapassagem teria esbarrado no Uno. 
O Uno rodou na pista e capotou, ficando com as rodas para cima. O taxista disse que não viu o que aconteceu. “Esse outro carro encostou no meu, perdi o controle e capotei”, disse Francisco ainda muito assustado.
Maria Aparecida que estava no carona do Uno, disse que foi tudo muito rápido. “Senti o carro rodando e capotando, não vi como aconteceu, mas me imaginei sendo toda amassada, graças a Deus não aconteceu nada”. O taxista e a mulher saíram ilesos do acidente, o carro ficou bastante danificado. 
Márcia que dirigia o Crossfox também estava muito assustada com o acidente e disse apenas que não sabia como tinha acontecido.  A Polícia Rodoviária Federal esteve no local registrando a ocorrência. 



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Eleições 2012: Jaguaraçu terá candidato único


No município de Jaguaraçu, situado a 40 quilômetros de Ipatinga, o atual prefeito, Márcio Lima de Paula (PR), não terá concorrentes na disputa pela prefeitura. Sua candidatura é a única registrada para o cargo de prefeito.
Sem outros concorrentes, a disputa ao cargo será uma espécie de plebiscito, onde os 2.676 eleitores daquele município deverão apenas confirmar ou não a reeleição do único pretendente. E para ser confirmado no cargo, o candidato precisará de 50% mais um dos votos.
Em entrevista por telefone, Márcio Lima afirmou que pretende fazer uma campanha com empenho, como se tivesse que disputar com algum adversário. A previsão feita pela chapa para o orçamento da campanha é de R$ 200 mil.
De acordo com o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além de Jaguaraçu, no estado de Minas Gerais, outros 21 municípios também possuem apenas um candidato à prefeitura. Entre eles: Alto Jequitibá, Fervedouro, Gameleiras, São Gonçalo do Sapucaí e Sericita. 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Mais um roubo de veículo na região de caratinga em Imbé de Minas


Continua alto o índice dos furtos de veículos na região. 
A última ocorrência registrada foi em Imbé de Minas e a polícia militar tentar localizar a moto e o autor do furto.



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Vídeo íntimo que vazou, assessora jurídica do senador Ciro Nogueira (PP), Denise Leitão Rocha


'É uma situação constrangedora', diz senador sobre vídeo de assessora


Gravação com mulher que seria servidora fazendo sexo circulou no Senado.
Assessora tirou férias até a volta do recesso e pode ser afastada.


O senador Ciro Nogueira (PP-PI) afirmou nesta terça-feira (17) à noite que passa por uma situação "muito constrangedora" por causa de um vídeo, vazado na semana passada no Senado, que mostra uma mulher em cenas de sexo. Ela seria Denise Leitão Rocha, uma de suas assessoras parlamentares. A gravação circulou entre assessores e jornalistas que cobrem a CPI do Cachoeira em meio a versões conflitantes sobre a origem e as circunstâncias do vazamento, ainda não esclarecidas.

"É uma situação muito constrangedora, disso [gravação] que é uma coisa muito antiga, pelo que me disseram", disse Nogueira ao G1. Ele afirmou acreditar que o vídeo foi feito antes de a assessora ser nomeada pelo gabinete, no início de 2011, mas também não sabe como ele veio à tona.

O vídeo chamou a atenção dos jornalistas durante o depoimento do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), na última terça-feira (10), no Senado. Antes disso, já era conhecido por alguns jornalistas, mas foi visto na tela de laptops de alguns parlamentares durante a sessão. Na ocasião, Denise chegou a entrar na sala, mas diante da curiosidade de fotógrafos e jornalistas, evitou levantar o rosto e saiu em 5 minutos.
Depois dos vazamento, o vídeo foi largamente repassado e exibido no comitê de imprensa do Senado, onde ficam os jornalistas. Com a repercussão interna, a assessora pediu um afastamento, aproveitando o período de recesso dos parlamentares. "Achei bom ela tirar essa licença, para evitar qualquer tipo de pré-julgamento, nem cometer injustiça, antes de isso ser esclarecido", ponderou Ciro.
G1 procurou a assessora nesta terça, mas já não estava no gabinete. Os colegas disseram não ter autorização para informar o telefone pessoal e ficaram de passar o recado.
Ao jornal Extra, Denise afirmou que não viu o vídeo, mas disse que pretende entrar na Justiça contra o responsável pelo vazamento das imagens.

Ciro Nogueira não descarta um pedido da própria assessora para se afastar definitivamente, nem uma eventual demissão, mas disse que isso ainda não está em questão. "Estamos avaliando. Existe essa possibilidade [de a assessora deixar o cargo], se for algo que comprometa o trabalho do gabinete", disse, sobre a repercussão do vídeo. "Mas não quero ficar especulando", afirmou.

O senador, contudo, elogiou o trabalho de Denise e disse que ela foi selecionada para trabalhar no gabinete após análise de currículos e entrevistas com outros servidores. "Ela é advogada e acompanha o que acontece nas comissões. Não tenho do que reclamar do trabalho dela não", disse.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Pai e madrasta são suspeitos de agredir menino de 2 anos até a morte na comunidade Rio das Pedras, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio.

Criança foi levada para hospital com traumatismo craniano e várias lesões no corpo



Reprodução TV Record
Weslei
Weslei chegou a ser levado para o Hospital Cardoso Fontes, mas não resistiu
Publicidade
O pai e a madrasta de Weslei Fernandes de Araújo, de 2 anos, são suspeitos de torturar a criança até a morte na madrugada de terça-feira (17).

A suspeita sobre o crime do casal surgiu quando ela ligou para uma vizinha e disse que o menino estava desacordado, pois teria caído da cama na casa da família, na rua Aurora, na comunidade Rio das Pedras, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio.

Vizinhos foram até a casa e ajudaram a levar Weslei para o Hospital Cardoso Fontes, no mesmo bairro.

A médica de plantão questionou a versão dos pais porque a criança chegou à unidade com traumatismo craniano, vários dentes quebrados, lesões internas por todo corpo e fratura na perna. O menino chegou a ficar em coma na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), mas não resistiu. A médica chamou a polícia.

Os dois foram presos em flagrante e vão responder por tortura com resultado de morte e a pena pode chegar a 21 anos de prisão para cada um.

De acordo com a polícia, a madrasta do menino jogou a culpa no marido durante depoimento na Delegacia de Jacarepaguá (32ª DP). Ela disse que ele é usuário de drogas. Já o homem teria dito que só batia no filho para o “corrigir”.

O delegado que investiga o caso ouviu nove testemunhas e diz não ter dúvidas de que os dois são os autores do crime.

A criança estava havia seis meses com o pai. Antes ela morava em Vitória, no Espírito Santo.
Denúncias de tortura em creche

creche clandestina que funcionava havia cerca de 15 anos em uma casa, em São José de Imbassaí, distrito de Maricá, na região dos Lagos, é alvo de novas denúncias. A secretária Catelini Santana, de 29 anos, tirou os gêmeos Cauã e Cauê do local no ano passado. Ela diz que a casa servia comida estragada e que seus filhos teriam sido maltratados durante o período que frequentaram o lugar.
— Os meus dois filhos ficaram lá durante três meses. Uma vez, ela [dona da creche] pegou um deles pelo pescoço, como se ele fosse um bicho. Além disso, ela dava comida estragada para eles.
Assista ao vídeo:
 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Mãe é suspeita de tentar matar filhos com veneno de rato no Paraná

Ela teria misturado veneno vitamina e também bebeu; os três estão internados


Uma mulher, de 40 anos, é suspeita de ter envenenado os dois filhos, de 11 anos e nove anos, em Cambe, no Paraná, na última terça-feira (17). Ela teria colocado veneno de rato em uma vitamina e dado para as crianças. A mulher também ingeriu a bebida. 

Os três estão internados na Santa Casa da Cidade. As crianças ainda correm risco de morte e estão em estado considerado gravíssimo. A mulher está em estado grave, mas não corre risco de morte. 

De acordo com a polícia, ela deverá responder por dupla tentativa de homicídio. Testemunhas disseram que ela brigou com o marido e que ele foi embora de casa, por isso ela teria 

..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Mulher fica ferida em acidente próximo a Reduto



Maria Aparecida Hubner de Souza sofreu ferimentos leves num acidente no km 28 da BR-262, próximo a Reduto, no final da tarde desta terça, 17.
Ela conduzia o Fiat Siena placa HJC 5580 de Ouro Branco/MG, quando perdeu o controle da direção, numa curva. O carro desgovernado invadiu a contramão e bateu nas rodas traseiras do caminhão caçamba placa DPE 2115/ Manhuaçu, dirigido por José Gilmar da Silva, que seguia sentido Martins Soares/Reduto.
O motorista contou que ainda buscou evitar a colisão: “Tentei desviar, jogando o caminhão para a direita, mas mesmo assim, não foi o suficiente para evitar a batida”.
A condutora do Siena foi socorrida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manhuaçu com ferimentos leves.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Mortes de jovens aumentaram 346% em 30 anos, diz estudo

De um lado, avanços em pesquisas e mais investimentos em saúde nos últimos 30 anos diminuíram os riscos de crianças e adolescentes morrerem de doenças e causas naturais no País. De outro, o Brasil ficou mais violento para essa faixa da população no mesmo período. Entre 1980 e 2010, o total de mortes de pessoas entre 0 e 19 anos por doenças e causas naturais passou de 387 casos em cada 100 mil pessoas para 88,5 por 100 mil, queda de 77%. Por outro lado, cresceu o total de crianças e de adolescente que morrem pelas chamadas causas externas, que incluem homicídios, suicídios, acidentes de trânsito e de outros tipos. As vítimas de causas externas, que somavam 27,9 casos por 100 mil habitantes em 1980, alcançaram 31,9 casos por 100 mil em 2010, aumento de 14,3%.

Em 30 anos, 55 crianças e adolescentes morreram diariamente por homicídios, suicídios e acidentes, total suficiente para colocar o Brasil nos primeiros lugares no ranking de países mais violentos para crianças e jovens no mundo. É o quarto onde mais se mata e o 12.° onde mais se morre por acidentes de trânsito.

A piora no quadro de mortes por causas externas foi puxada pelos homicídios, que cresceram 346,4% em 30 anos. Em 1980, morreram assassinadas 3,1 crianças e adolescentes em cada 100 mil, total que alcançou 13,8 casos por 100 mil em 2010. Também aumentou o total de suicídios (38%) e de acidentes de trânsito (7%).

Os dados são do Mapa da Violência 2012 - Crianças e Adolescentes do Brasil, estudo feito pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-americanos e pela Flacso Brasil. "Esses dados ajudam a revelar certos aspectos do Brasil que às vezes passam despercebidos. O fato de no Brasil se matar 130 vezes mais crianças e adolescentes do que no Egito revela que algo está errado", diz o pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz, que coordenou a pesquisa.

Violência sexual

O estudo também tentou identificar os atendimentos feitos no Sistema Único de Saúde (SUS) de jovens e adolescentes vítimas de violência física e de abuso sexual. A fatia com maior quantidade de vítimas compreende crianças de 1 a 4 anos. Em 2011, foram atendidas no Brasil vítimas de agressão 6.132 crianças, enquanto 1.607 jovens entre 15 e 19 anos foram parar nos hospitais por causa de violência física. "Nos casos de violência há ainda as cifras negras, casos que acabamos não conhecendo porque a vítima fica constrangida em pedir ajuda", diz Waiselfisz. As informações são do jornal

..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Carreta com 30 mil litros de etanol tomba no Triângulo Mineiro


Uma carreta tombada alterou o trânsito nesta quarta-feira (18) na rodovia BR-365 perto do Trevo de Santa Vitória, no Triângulo Mineiro. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista perdeu o controle do caminhão quando tentou desviar de um veículo de carga que fazia ultrapassagem proibida.
A carreta saiu da pista e caiu. Cada um dos seus compartimentos levava cerca de 15 mil litros de etanol e a pista foi isolada por causa da carga perigosa. Equipes técnicas foram ao local para fazer o transbordo do combustível, que trazia risco de explosão, e remover o veículo.
O condutor da carreta, de 46 anos, sofreu apenas escoriações leves e foi atendido no Hospital de Santa Vitória. O veículo tem placa de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Estudante que matou professor a facadas é solto


FOTO: CHARLES SILVA DUARTE/O TEMPO
Amilton foi apontado pela defesa como esquizofrênico
Amilton Loyola Caires, 23 anos, que matou um professor a facadas em dezembro de 2010, dentro do Centro Universitário Izabela Hendrix, na região Centro-Sul da capital, foi solto no início da madrugada desta quarta-feira (18). A liberdade provisória foi concedida no dia 9 de julho pelo juiz titular da Vara de Execuções Criminais, Guilherme de Azeredo Passos, e informada nesa terça (17) pelo juiz substituto Ronaldo de Batista de Almeida, em audiência que considerou que o estudante devia cumprir pena em um manicômio judiciário.
Como não foi internado em uma instituição para realizar tratamento psiquiátrico, Amilton cumpria a medida de segurança em um presídio comum. O juiz considerou que ele poderá realizar os procedimentos médicos fora da cadeia, já que não devia estar em uma cela destinada a presos comuns. Desde setembro a Vara de Execuções Criminais tentava, sem sucesso, uma vaga em manicômio judiciário. Para continuar em liberdade, até que a vaga surja, ele deve comprovar as etapas do tratamento a que deve ser submetido no Centro de Referência em Saúde Mental (CERSAM), não poderá sair de casa depois das 21h e deve comunicar qualquer alteração de endereço.
O acusado foi condenado a cumprir três anos de internação em meados de 2011 por ser considerado inimputável - quando não possui condições mentais para responder por seus atos. O laudo apresentado pela defesa apontou que ele seria esquizofrênico.
No dia 7 de dezembro de 2010, Amilton atingiu o professor Kássio Vinícius Gomes, 39 anos, com um golpe de faca no peito. Ele foi detido quando voltava para casa, de moto. Desavenças com o professor teriam motivado o crime.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Seguidores