sábado, 23 de junho de 2012

Flagra: filmagem denuncia intensa comercialização de drogas no bairro Limoeiro em Caratinga

última modificação 22/06/2012 
O real submundo do vício e do tráfico. Polícia Civil prende jovem de 18 anos e apreende uma menor de 15

Imagens de um cinegrafista amador ajudaram a Polícia Civil a descobrir um ponto de comercialização de drogas no bairro Limoeiro, em Caratinga. As imagens registram toda a ação das pessoas que controlam o tráfico e também a de usuários da droga.
Conforme flagrado na filmagem, a movimentação é intensa durante todo o dia. Em plena luz do dia, crianças, mulheres e homens fumam pedras de crack nas ruas próximas ao ponto em que compram a droga. As cenas mostram a realidade de um submundo do vício e do tráfico. Em menos de dez minutos de filmagens, pelo menos quatro pessoas percorreram um trecho de acesso ao ponto de vendas. Um zigue zague movido pela necessidade de compra do entorpecente. O que eles procuram está atrás de um muro, na residência de um jovem de 18 anos.
Durante 10 dias os policiais investigaram o local e Luiz Antoniolli de Assis, de 18 anos, foi preso e uma menor de 15 anos de idade foi apreendida. Com ela a polícia encontrou 10 pedras de crack. De acordo com o delegado Almir Lugon, responsável pela coordenação da investigação, o que mais chamou a atenção foi a localização do ponto de tráfico, que está bem em frente a Delegacia de Polícia Civil de Caratinga.
Como a ação aconteceu em flagrante, a Polícia Civil pode vistoriar a residência do rapaz preso. Os policiais encontraram ainda uma garrucha calibre 22 e produtos de origem duvidosa como aparelho de som e celulares.
Outro ponto que chamou a atenção da Polícia em uma análise das filmagens é que grande parte dos compradores da droga carregam alguma sacola. A suspeita é de que dentro dessas bolsas tenham objetos furtados e que são trocados pelo entorpecente. Outra cena que também despertou a atenção dos investigadores é quando um homem de bermuda laranja aparece carregando uma enxada e uma sacola. Ele segue com Luiz, o jovem preso nesta semana, e depois mexe em outras bolsas que estão jogadas em um terreno. Um outro menino ajuda a colocar o que está no chão, dentro de uma sacola verde. Minutos depois eles saem carregando as duas bolsas. A polícia vai continuar investigando este caso e outras denúncias que envolvem o tráfico de drogas em Caratinga.
As cenas flagradas traduzem realidades tão próximas dos caratinguenses. Um retrato fidedigno de como acontece o tráfico de drogas. Com esta investigação, a Polícia consolidou o fim de pelo menos um ponto de comércio da droga na cidade.



..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Homem é preso por estupro depois de cumprir pena de 12 anos pelo mesmo crime

Os doze anos em que ficou preso por estupro não fizeram com que um homem de 47 anos deixasse de cometer o mesmo crime. Ele foi preso na última quinta (21) em Raposos, distrito de Itaperuna, no Rio de Janeiro depois de ter estuprado duas mulheres em Muriaé, na Zona da Mata, de acordo com a Polícia Civil.
Segundo a delegada Natália Santos Magalhães, titular da delegacia de orientação e proteção à família, ele estava em liberdade condicional há cinco anos e, desde então, estava morando em Campo dos Goytacazes, no Rio de Janeiro. “Ele costumava abordar mulheres de aproximadamente 45 anos, pedia uma informação e depois anunciava um assalto. Em seguida, ele levava as vítimas para um local ermo onde praticava o abuso sexual”, explicou a delegada.
De acordo com a Polícia Civil, o homem era violento com as mulheres. “Ele dizia que estava armado, puxava o cabelo delas, batia”, disse a policial. As duas mulheres que foram vítimas do homem estavam às margens da BR-116. Nenhuma delas mora na cidade e, segundo a Polícia Civil, os estupros ocorreram nos dias 10 de junho e 20 de maio.
O homem foi encaminhado para o presídio de Muriaé. As mulheres passaram por exames no Hospital São Paulo, na cidade. Ele confessou os crimes. 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

últimas notícias LAVRAS Vigia é encontrado morto com tiro na cabeça dentro de sala de aula

O vigia de uma escola foi morto com um tiro na cabeça na madrugada desta sexta (22) em Lavras, no Sul de Minas. O corpo da vítima, que tinha 31 anos, foi encontrado por um funcionário que chegava ao trabalho por volta das 4 da manhã. A perícia isolou o local e constatou, pela condição do cadáver, que o assassinato ocorreu no fim da noite.
O crime aconteceu dentro de uma sala de aula na Escola Municipal Oscar Botelho, na rua Joaquim Carlos Alvarenga. O vigia foi atingido por um tiro de calibre .22 na cabeça. 
Nenhum suspeito foi identificado até o momento. A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio - roubo seguido de morte, já que o notebook do vigia foi furtado. Segundo a PM, ele nunca havia sido detido. 


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Fazendeiro é condenado por manter trabalhadores em condições precárias em Minas

FOTO: MPT / DIVULGAÇÃO
Trabalhadores eram mantidos por fazendeiro em situação degradante
Um fazendeiro foi condenado por manter 13 trabalhadores em condições precárias e sem registro, em uma propriedade na zona rural de Paracatu, na região Noroeste de Minas Gerais. A decisão da Justiça do Trabalho partiu depois que a fazenda foi alvo de fiscalização pela Gerência Regional do Trabalho.
De acordo com o Ministério Público do Trabalho, o criador de gados e dono da propriedade deverá pagar R$ 390 mil ao Fundo de Amparo ao Trabalhador. A indenização é por dano moral coletivo. O fazendeiro ainda foi condenado a pagar a cada funcionário R$ 30 mil, como forma de reparar o dano.
“A situação foi classificada como degradante porque os empregados trabalhavam, mas não estavam recebendo salários, não tinham moradia, nem alimentação e trabalhavam a 40 quilômetros da cidade de Paracatu, em local sem transporte regular”, explicou o procurador Paulo Veloso, responsável por ajuizar a ação civil pública.
O fazendeiro ainda terá que cumprir 36 obrigações, sob pena de multa no valor de R$ 1 mil por trabalhador encontrado em situação irregular e por obrigação não observada. Entre as determinações estão manter os empregados registrados, respeitar a jornada com intervalos e descansos devidos, adequar os alojamentos e frentes de trabalho e pagar de maneira correta os salários e demais direitos devidos aos empregados.
Trabalhadores em condições desumanas
Segundo o MPT, os trabalhadores contratados para roçar o pasto da propriedade rural foram resgatados após a constatação da precariedade das condições de trabalho. Um intermediador teria prometido aos empregados salário de R$ 35 reais por dia para roçar pasto, mas a realidade flagrada pela fiscalização teria sido outra. Os trabalhadores teriam descrito como era a rotina na fazenda. “Nós banhava numa barragem suja, que o gado bebia água. A barragem era pequena e suja e o gado ficava atravessando ela”, contou um dos homens aos fiscais.
Outro funcionário disse que “tomava água da cisterna meio com nojo, porque a cisterna não tinha tampa, tinha sapo, rato e cobra,”. O relatório dos fiscais do trabalho serviram para que uma ação civil pública fosse ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho.
O fazendeiro ainda pode recorrer da decisão.


..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Cãozinho com olho furado é salvo de ser atropelado em Contagem

Poodle foi encontrado amarrado no meio da rua
Um cãozinho da raça poodle foi brutalmente agredido em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). No início desta semana, ele teve um dos olhos furados por um agressor, que não foi identificado pela polícia. Antes de abandonar o animal amarrado no meio da rua, o autor da barbárie ainda tentou arrancar o outro olho.

Uma catadora de lixo encontrou o bichinho todo ensanguentado e conseguiu salvá-lo de ser atropelado por um ônibus. Ela conseguiu atendimento com uma veterinária por meio da ONG Superação Animal, que constatou que o poodle está cego de um dos olhos e com uma grave infecção, no outro.

Agora, o grupo precisa de doações para dar mais qualidade de vida ao cachorro, já que a senhora que o encontrou decidiu adotá-lo, mas não pode arcar com todos os custos. Doações podem ser combinadas com Cibele Frade, membro da Superação Animal: 8701-6054.

..::DEIXE SEU COMENTÁRIO::..

Seguidores